Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Volkswagen suspende temporariamente produção de carros no Brasil devido à estagnação do mercado

(Foto: Divulgação Volkswagen do Brasil)

A Volkswagen anunciou a suspensão temporária da produção de veículos em suas fábricas no Brasil, atribuindo a “estagnação do mercado” como a razão para essa decisão. A medida foi tomada mesmo após o lançamento de um programa de incentivo à indústria automotiva pelo governo em 6 de junho, que oferece descontos para veículos de até R$ 120 mil. Quando questionada pelo G1, a empresa não comentou sobre a relação entre o programa governamental e sua decisão.

A fábrica de São José dos Pinhais (PR), responsável pela produção do T-Cross, já estava operando em regime de layoff (suspensão temporária do trabalho) desde o dia 5 de junho deste ano, com previsão de duração entre 2 e 5 meses.

O outro turno da mesma unidade iniciou a paralisação na segunda-feira (26). As atividades permanecerão suspensas até sexta-feira (30), seguindo o regime de banco de horas.

Publicidade

Em Taubaté (SP), onde são produzidos o Polo Track e o Novo Polo, os dois turnos de produção foram interrompidos nesta semana (de 26 a 30 de junho), também sob o esquema de banco de horas.

Por sua vez, a unidade Anchieta, situada em São Bernardo do Campo (SP) – onde são fabricados o Novo Virtus, Novo Polo, Nivus e Saveiro – implementou férias coletivas de dez dias para seus dois turnos de produção, a partir do dia 10 de julho.

A empresa afirmou que “todas as ferramentas de flexibilização estão previstas no Acordo Coletivo firmado entre o sindicato e os colaboradores da Volkswagen”.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado