Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Ather Energy, startup indiana faz uma scooter elétrica a cada 90 segundos

(Foto: Rede Social Ather Energy)

Em uma inovadora startup situada no sul da Índia, a cada intervalo de 90 segundos, uma scooter elétrica novíssima sai da linha de produção, revelando um ritmo de fabricação excepcional. A Ather, uma renomada companhia indiana especializada na produção de scooters elétricas, experimentou um notável aumento na procura por seus produtos. Índia “eletrificada”

Na Índia, o cenário dos veículos elétricos pessoais está ganhando cada vez mais destaque. De acordo com uma análise realizada pela firma de consultoria Bain, a indústria está projetada para atingir um valor de aproximadamente US$ 100 bilhões (cerca de R$ 498 bilhões) por volta de 2030.

No país mais populoso do mundo, os veículos de duas e três rodas constituem o epicentro desse movimento, superando os números de outros meios de transporte, como automóveis, em quase quatro vezes.

Publicidade

Essa nova realidade “eletrificada” torna-se evidente ao percorrer as ruas de cidades como Nova Delhi ou Bangalore. O número de ciclomotores elétricos, que têm um preço acessível de cerca de US$ 1000 (aproximadamente R$ 4980), aumentou mais de 10 vezes em todo o país nos últimos três anos.

A preferência por essa categoria de veículos é respaldada tanto por ativistas ambientais quanto pelo governo. Essa alternativa possibilita a significativa redução das emissões de substâncias tóxicas que têm agravado consideravelmente a qualidade do ar nas metrópoles de toda a Índia.

A nação do sul asiático está avançando rapidamente para se tornar um bastião da sustentabilidade, tendo como meta que os veículos elétricos (conhecidos como EVs, pela sigla em inglês) representem um terço de todas as transações envolvendo carros particulares.Adicionalmente, o governo indiano planeja que até o término desta década, 80% dos veículos de duas e três rodas comercializados sejam movidos a eletricidade.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado