Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Petróleo nos EUA: queda de produção ultrapassa milhões

A alta nos preços do petróleo é atribuída a outros fatores, como a imposição de sanções dos Estados Unidos ao petróleo russo e uma revisão para cima das projeções de queda nos estoques no quarto trimestre.
(Foto: Bahadir CIVAN/Pexels)

Os Estados Unidos registram uma diminuição de 6,134 milhões de barris nos reservatórios de petróleo durante a semana encerrada em 18 de agosto, totalizando agora 433,528 milhões de barris, de acordo com o comunicado emitido pelo Departamento de Energia (DoE) nesta quarta-feira (23). Essa redução superou as previsões dos especialistas ouvidos pelo Wall Street Journal, que estimavam uma queda de 2,4 milhões de barris.

Em relação aos estoques de gasolina, houve um acréscimo de 1,468 milhão de barris, alcançando um total de 217,626 milhões de barris, em contraste com as expectativas de uma redução de 500 mil barris. Paralelamente, os estoques de destilados também experimentaram um aumento de 945 mil barris, atingindo 116,688 milhões de barris. Nesse caso, as previsões indicavam um crescimento de 200 mil barris.

No que se refere à taxa de utilização das refinarias nos Estados Unidos, houve um declínio de 94,7% na semana anterior para 94,5% na semana mais recente, de acordo com os dados disponibilizados pelo DoE. As previsões antecipavam uma taxa de 95,1%.

Publicidade

Além disso, é importante ressaltar que os estoques de petróleo no depósito central de Cushing também tiveram uma redução significativa, diminuindo em 3,133 milhões, resultando em um total de 30,669 milhões de barris. Por outro lado, a produção diária média de petróleo no país aumentou de 12,7 milhões para 12,8 milhões durante a semana mais recente.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado