Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

SIMEC discute Reforma Tributária

Em encontro realizado na Casa da Indústria na última segunda-feira, 21/08, o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico no Estado do Ceará (SIMEC) colocou em debate as expectativas para a Reforma Tributária para o setor.

Coordenando sua primeira reunião após assumir a presidência do sindicato em julho, César Barros expressou seu desejo de estreitar os laços entre diretoria e associados. “Queremos trazer mais adesão para o sindicato e ter uma pista de mão dupla. O sindicato vai fazer ações, como viagens e capacitações técnicas, e, para isso, os associados têm que fazer parte”, destacou.

Dada a importância da Reforma Tributária, os advogados Alexandre Linhares e Gustavo Beviláqua, da R. Amaral Advogados, esclareceram os pontos cruciais do projeto que se encontra em análise no Congresso. As alterações propostas incluem mudanças na tributação sobre consumo e a ideia de um imposto unificado substituindo o ICMS e o ISS. Beviláqua sublinhou a necessidade de atenção às modificações, ressaltando: “A reforma será um grande desafio, especialmente para o Nordeste. Ainda temos espaço para influenciar as decisões”.

Publicidade
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado