Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Apagão: relatório preliminar aponta possível causa

Foto: Vitaly Vlasov/Pexels

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgou um relatório preliminar que sugere que o desempenho aquém do esperado das fontes de geração próximas à linha de transmissão Quixadá – Fortaleza II, de propriedade da Chesf, pode ter sido o fator responsável pela queda de energia que impactou 25 estados e o Distrito Federal no dia 15 de agosto. A avaliação foi apresentada durante a primeira reunião técnica para a elaboração do Relatório de Análise de Perturbação (RAP), cuja conclusão está prevista em cerca de 30 dias. Mais de 1 mil profissionais participaram do evento online.

De acordo com o ONS, a evidência aponta fortemente para o desempenho abaixo do esperado nas fontes de geração vinculadas à linha de transmissão Quixadá – Fortaleza II. Esse fator teria atuado como um segundo evento, deflagrando a série de desligamentos em cascata que teve repercussão em todo o país. A magnitude do evento do dia 15 de agosto é notável, com uma interrupção que abalou mais de 22 mil MW de energia em 25 estados e também no Distrito Federal.

O momento exato da interrupção foi registrado às 8h30 do dia 15 de agosto, momento em que houve uma queda no fornecimento de aproximadamente 19 mil megawatts, o que representa cerca de 27% da carga total de energia (73 mil MW) naquele horário.

Publicidade

À medida que a busca por respostas avança, uma nova reunião de avaliação já está agendada para o dia 1º de setembro. O país espera ansiosamente pela conclusão do Relatório de Análise de Perturbação, que promete trazer clareza às circunstâncias e aos eventos que levaram a essa perturbação significativa no sistema elétrico nacional.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado