Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Comerciantes de SP são contrários ao fim da venda parcelada sem juros no cartão, aponta pesquisa

A imagem mostra uma pessoa realizando pagamento com seu cartão em uma máquina da PagBank.
(Foto: Kampus Production/Pexels)

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha revelou que oito em cada dez (81%) pequenos comerciantes da cidade de São Paulo se opõem ao fim da venda parcelada sem juros no cartão de crédito. A proposta em discussão divide opiniões, e apenas 15% dos comerciantes são favoráveis à medida, enquanto 3% demonstraram indiferença e 1% não opinou.

Dentre os estabelecimentos pesquisados, 81% realizam vendas sem juros no cartão de crédito. Essa modalidade representa, em média, 50% das operações com cartão e corresponde a 45% do faturamento mensal desses comércios.

O levantamento contou com a participação de 306 estabelecimentos de pequeno porte (até 49 funcionários) na capital paulista. A margem de erro é de 6 pontos percentuais, considerando um nível de confiança de 95%.

Publicidade

Polêmica

A polêmica em torno das compras parceladas sem juros no cartão ganhou destaque recentemente. Isso ocorreu quando o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, sugeriu que uma tarifa sobre essas compras poderia contribuir para reduzir as altas taxas de juros no rotativo do cartão de crédito.

Enquanto empresas de maquininhas de cartão e representantes de varejistas alegam que a medida poderia impactar o consumo dos brasileiros. Já os bancos, representados pela Febraban, argumentam que o subsídio cruzado entre financiamentos com e sem juros é o principal motivo para as altas taxas do rotativo do cartão de crédito. A discussão continua a dividir opiniões no cenário econômico.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado