Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Cervejaria Petrópolis apresenta nova recuperação judicial

(Foto: divulgação)

O Grupo Petrópolis, que detém as famosas marcas de cerveja Itaipava, Crystal e Petra, submeteu à 5ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro uma segunda versão do plano de recuperação judicial. Este novo documento, que prevê o pagamento de dívidas totalizando R$ 5,5 bilhões, visa também a manutenção das operações.

A primeira versão do plano havia sido apresentada dentro do prazo legal de 60 dias após a aprovação da Recuperação Judicial em 13 de abril. No entanto, durante uma assembleia de credores realizada na semana passada, representantes do grupo solicitaram um adiamento para a apresentação de uma nova proposta até a quarta-feira. Agora, os credores terão a oportunidade de avaliar e votar pela aceitação ou não na próxima segunda-feira (11).

O plano contempla diversas medidas para quitar as dívidas, incluindo a venda de unidades produtivas isoladas (UPIs), como parte da frota de caminhões e ativos de energia, concessão de prazos e condições especiais de pagamento de obrigações, além da equalização dos encargos financeiros.

conteúdo patrocinado

Adicionalmente, o plano permite que as empresas do grupo busquem novos recursos junto a credores, instituições financeiras, investidores ou outras partes interessadas, desde que tais operações não interfiram na execução do processo de recuperação judicial.

O Grupo Petrópolis, que detém uma fatia de 13% do mercado de cervejas no Brasil, alega enfrentar uma crise de liquidez devido a uma significativa redução na receita, causada pela queda nas vendas. Em 2020, foram vendidos 31,2 milhões de hectolitros de bebidas, número que caiu para 24,1 milhões de hectolitros em 2022.

Para os credores trabalhistas, o plano estabelece que os valores até 150 salários mínimos serão pagos em 12 parcelas, começando com a primeira de R$ 6,6 mil e as subsequentes de igual valor, até o limite de R$ 198 mil. Esses pagamentos não terão deságio e serão corrigidos pelo IPCA a partir da data de homologação do desligamento, sem período de carência. Em casos que ultrapassem esse valor, serão aplicadas condições específicas.

Credores com garantia real que optarem por não ser enquadrados como fornecedores ou financiadores colaboradores receberão seus pagamentos com deságio de 70% sobre o valor nominal do crédito. A correção monetária variará de acordo com a moeda e haverá carência de até 2035. Caso a moeda seja o real, a correção será pelo IPCA, com teto de 1,5% ao ano.

Credores quirografários da Cervejaria Petrópolis, que não têm garantia real nem são trabalhistas, terão um prazo de dez dias para escolher entre duas opções de pagamento. A opção A prevê o pagamento de R$ 10 mil por credor em até 30 dias após a homologação. Já na opção B, o pagamento será feito com deságio de 70% sobre o valor nominal do crédito, carência até 2035 e correção nos mesmos termos dos credores com garantia real, a depender da moeda.

No mesmo prazo de dez dias, empresas de pequeno ou micro porte que não se enquadram em nenhuma das classes acima deverão optar entre receber R$ 3,5 mil em 30 dias ou o valor do crédito com deságio de 70% até 2035, corrigido pelo IPCA até 1,5% ao ano.

Para os credores que optarem por atuar como colaboradores e continuarem a fornecer serviços ou produtos para as empresas do Grupo Petrópolis, as condições de pagamento se tornam mais vantajosas.

Os prazos de carência diminuem para 36 meses ou menos, o deságio é reduzido ou abolido e os créditos são pagos em parcelas crescentes, totalizando até 84 meses.

Para obter essa condição, é necessário aprovar o plano em assembleia, comprometer-se a não litigar durante o processo e atender a pelo menos um dos vários critérios estipulados. Estes incluem fornecer há mais de cinco anos ou continuar fornecendo nas mesmas condições anteriores à Recuperação Judicial ou às que são concedidas às empresas concorrentes.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado