Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Real tem 4ª maior queda ante dólar em 10 anos

Real moeda brasileira
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nos últimos 10 anos, o real brasileiro enfrentou a quarta maior desvalorização em relação ao dólar entre todas as moedas sul-americanas. A informação parte do levantamento realizado pela consultoria financeira L4 Capital e da plataforma de dados financeiros Investing. Essa análise revela o impacto que uma economia globalizada têm sobre o Brasil.

A liderança nesse ranking de desvalorização pertence ao peso argentino, que sofreu uma queda acentuada de 98,37% desde 2013, resultado da prolongada crise econômica que afeta o país. O peso uruguaio também enfrentou dificuldades, perdendo 70,24% de seu valor no mesmo período, em parte devido aos problemas inflacionários.

O real brasileiro não ficou atrás, registrando uma desvalorização de 50,04% em relação ao dólar. Isso teve um impacto significativo não apenas nos viajantes brasileiros, mas também nas empresas que dependem de contratos baseados na moeda norte-americana, já que o valor pago em suas transações mais que dobrou ao longo da última década.

Publicidade

É importante ressaltar que a valorização do dólar não é exclusiva da América do Sul, mas também reflete o aumento do interesse dos investidores nos Estados Unidos, a maior economia global. Em momentos de incerteza e aversão ao risco, os investidores tendem a buscar maior segurança nos EUA, o que impulsiona a valorização do dólar em todo o mundo.

Aqui está o ranking completo da desvalorização das moedas sul-americanas, com base na queda do valor de cada moeda em relação ao dólar:

  1. Argentina: 98,37%
  2. Uruguai: 70,24%
  3. Colômbia: 51,82%
  4. Brasil: 50,04%
  5. Chile: 43,5%
  6. Paraguai: 38,72%
  7. Peru: 25,24%
  8. Bolívia: 0,17%
  9. Equador: usa o dólar como moeda principal

Esses números destacam os desafios econômicos enfrentados na América do Sul e o impacto da economia global nas moedas regionais.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado