Boletim Focus: mercado financeiro ajusta projeções de inflação e PIB

Banco Central do Brasil: Boletim focus divulgado
(Foto: Agência Brasil)

O mercado financeiro recalibrou suas expectativas para a economia brasileira, apresentando uma visão mais otimista para os próximos anos. Segundo o mais recente Boletim Focus divulgado pelo Banco Central na manhã de segunda-feira (18/09), há uma antecipação de uma desaceleração na inflação, acompanhada de um otimismo cauteloso quanto ao crescimento do PIB.

Confira em detalhes:

Inflação: Uma Visão Mais Moderada

Depois de um ligeiro aumento na semana passada, a projeção da inflação para este ano foi ajustada para 4,86%, aproximando-se do limite superior da meta de inflação estabelecida para este ano, que está fixada em 3,25%, com uma margem de tolerância de 1,5%. As expectativas para 2024 também foram revisadas para baixo, com uma nova previsão de 3,86%. Além disso, as projeções de inflação para os anos de 2025 e 2026 permanecem estáveis em 3,50%.

PIB: Tendência de Crescimento Continua

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a expectativa é de uma trajetória ascendente. Pela quarta semana consecutiva, as previsões para o crescimento do PIB foram revisadas para cima, agora situando-se em 2,89% para este ano, um aumento significativo em relação à previsão anterior de 2,64%. As projeções para o próximo ano também foram elevadas, agora marcando uma expectativa de crescimento de 1,5%.

Taxa Selic: Mantendo-se Estável

No que diz respeito à Taxa Selic, as projeções permanecem inalteradas. Os analistas preveem uma taxa de 11,75% para o final de 2023, seguida por uma redução gradual nos anos subsequentes, atingindo 8,50% em 2025 e 2026.

Câmbio: Ajustes Menores nas Projeções

No front do câmbio, as projeções para o dólar foram ligeiramente ajustadas. A expectativa para 2023 é de uma taxa de câmbio de R$ 4,98, uma pequena queda em relação à estimativa anterior de R$ 5,00. As projeções para os anos seguintes também foram revisadas para baixo, indicando uma visão mais otimista para a moeda brasileira no futuro próximo.

Nova reunião Copom

Amanhã, terça-feira (19/9) e na quarta-feira (20/9), o Copom (Comitê de Política Monetária) se reunirá para deliberar sobre a trajetória da taxa Selic e avaliar o contexto econômico brasileiro. Durante o encontro, os integrantes do Comitê determinarão se haverá elevação, redução ou manutenção da taxa básica de juros. A expectativa do setor produtivo é uma redução de 0,50%. A taxa Selic hoje é de 13,25% ao ano

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado