Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Bancos se antecipam e encerram transferências via DOC

Bancos encerram tranferências via DOC
Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Alguns dos maiores bancos do Brasil estão retirando o serviço de Documento de Ordem de Crédito (DOC) de seus pacotes de serviços. A decisão serve para clientes, tanto pessoas físicas quanto jurídicas. Até o momento, o Itaú e o Santander já desativaram essa modalidade de transferência.

O Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Bradesco também informaram aos clientes sobre a data planejada para o desligamento do serviço de DOC. De acordo com a Febraban, os bancos devem deixar de oferecer o DOC aos clientes até 29 de fevereiro de 2024.

Criado em 1985 pelo Banco Central (BC), o DOC tem perdido espaço para formas mais rápidas e econômicas de transferência de recursos. O uso dessas operações tem diminuído nos últimos anos, especialmente após o lançamento do Pix em novembro de 2020.

Publicidade

Ainda sobre os dados da Febraban, em 2022, as transações via DOC totalizaram 59 milhões de operações. Portanto, esse valor representa apenas 3,7% do total de 63,071 bilhões de operações realizadas no ano. O DOC ficou muito atrás de outras formas de pagamento, como cheques (202,8 milhões), TED (1,01 bilhão), boletos (4 bilhões), cartão de débito (15,6 bilhões), cartão de crédito (18,2 bilhões) e, principalmente, o Pix, a preferência dos brasileiros, com 24 bilhões de operações.

Além do DOC, também serão descontinuadas as operações de Transferência Especial de Crédito (TEC), usadas exclusivamente por empresas para pagamento de benefícios a funcionários.

Isaac Sidney, presidente da Febraban, destacou que, com o surgimento do Pix, operações como TEC e DOC deixaram de ser a primeira opção dos clientes.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado