Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Votação do relatório final da CPI das Americanas é adiado

A empresa busca uma solução sustentável para a continuidade de suas operações em negociações com seus credores financeiros.
Foto: Divulgação

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as irregularidades nos balanços financeiros das Americanas, deputado Gustinho Ribeiro (Republicanos), anunciou o cancelamento das sessões desta semana destinadas à votação do relatório final do deputado Carlos Chiodini (MDB). Uma nova sessão foi agendada para a próxima terça-feira (26).

O relatório de Chiodini não inclui o indiciamento dos acionistas de referência da empresa, Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira. No entanto, nesta terça-feira(19), deputados de diferentes partidos, incluindo PT, Psol e PL, uniram forças para pedir o indiciamento dos acionistas, o que resultou no adiamento das sessões desta semana.

Segundo Ribeiro, o relator recebeu sugestões para fazer alterações no parecer final. O presidente da CPI esclareceu que a votação não estava originalmente agendada para esta semana, e a intenção do relator era apenas discutir o relatório.

Publicidade

A nova data escolhida para a votação é a mesma em que o colegiado encerrará suas atividades.

Em janeiro deste ano, as Americanas revelaram inconsistências financeiras de R$ 20 bilhões, além de uma dívida de R$ 43 bilhões, levando a empresa a entrar em recuperação judicial. O caso suscitou suspeitas de fraude e está sob investigação judicial.

A CPI das Americanas foi instalada em maio e ouviu ex-diretores da varejista, advogados envolvidos na recuperação judicial da empresa e autoridades que acompanham as investigações.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado