Dívida mineira: debate sobre federalização de estatais

Foto: Diogo Zacarias/MF

A discussão sobre a dívida de Minas Gerais, estimada em R$ 160 bilhões, ganha novo capítulo na Assembleia Legislativa. Deputados estaduais, liderados por Ulysses Gomes (PT), se reuniram com o ministro Fernando Haddad, debatendo a federalização das estatais mineiras, uma proposta introduzida pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

A ideia, que visa solucionar a crise fiscal do estado, envolve a transferência do controle de estatais como Cemig, Copasa e Codemig para a União. No entanto, há divergências significativas sobre esta abordagem, especialmente em relação ao congelamento de salários dos servidores públicos, uma condição que suscita preocupações.

Deputados da oposição, incluindo Cristiano Silveira, Beatriz Cerqueira e outros, enfatizam a necessidade de uma solução equilibrada, que não sobrecarregue os funcionários estaduais. Eles argumentam que ainda há tempo para discutir uma terceira proposta, aproveitando a possível extensão do prazo pelo Supremo Tribunal Federal para o pagamento da dívida.

A decisão final sobre o pagamento da dívida e a federalização das estatais requer aprovação não apenas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, mas também do Congresso Nacional.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado