Pesquisar
Close this search box.

Pague Menos investirá na expansão do Hub de Saúde em 2024

Patriciana Rodrigues, presidente do Conselho Administrativo das Farmácias Pague Menos.
Patriciana Rodrigues, presidente do Conselho Administrativo da Rede de Farmácias Pague Menos (Foto: Divulgação).

Em 2024, a Rede de Farmácias Pague Menos continuará investindo na transformação para se tornar um Hub de Saúde. Em conversa com o Economic News Brasil, a empresária Patriciana Rodrigues, Presidente do Conselho de Administração da empresa, destacou a mudança do modelo de farmácia, abandonando a abordagem tradicional para concentrar-se em relacionamentos e soluções de saúde.

A inovação é uma marca da empresa fundada em 1981, pioneira ao adotar o conceito de “drugstore” em 1985, oferecendo uma variedade de produtos em um ambiente de autoatendimento. Desde então, a rede expandiu-se de Fortaleza para mais de 1600 lojas físicas em todo o Brasil, com uma presença significativa online. A Pague Menos conta com mais de 25 mil funcionários e ostenta o selo Great Place to Work.

“Nós acreditamos que, assim como todos os varejos precisam se adaptar, a farmácia também precisa. A ideia é mudar do modelo transacional para o modelo de relação, oferecendo soluções de saúde para os clientes. A farmácia pode ser um agente importante em um ecossistema de saúde”, comenta Patriciana.

Novas estratégias

A estratégia de omnicanalidade destaca-se na Pague Menos. Investir em diversos canais de atendimento, considerando as especificidades dos clientes, elevou a participação da empresa para 12% nas vendas digitais. “Temos o site, o app, parcerias com superapps, o teleatendimento. Trabalhar com a omnicanalidade, tornando esses canais mais amigáveis, é um grande diferencial”, explica a presidente.

Outro foco de investimento é a alavanca de fidelização. Reconhecendo a importância do conhecimento do consumidor, a Pague Menos busca personalizar serviços de maneira individualizada, compreendendo as jornadas específicas dos clientes. A empresa almeja ser mais do que uma farmácia, visando transformar a experiência do consumidor diversificando as experiências.

Patriciana explica como ocorre: “Ao sentir qualquer sintoma, procuro a farmácia, me aconselho com o farmacêutico, ele já tira as dúvidas necessárias e, se preciso, atendimento médico com telemedicina. Se for algo de média e alta complexidade, aí sim recorre aos especialistas. É uma mudança cultural muito grande, e quanto mais pontos começarem a ofertar o serviço, mais rapidamente o consumidor vai entender esse novo comportamento.” Ela também destaca a importância desses serviços diante da alta demanda de atendimentos que o SUS recebe.

Novo comando em 2024

Após 42 anos sob a liderança da família fundadora, iniciará 2024 com uma mudança significativa no comando. O executivo Jonas Marques assume a presidência em 4 de janeiro, sucedendo a Mário Queirós. Este colaborará no processo de transição até 4 de abril. Marques, ex-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para o Autocuidado em Saúde (Acessa), traz uma abordagem empreendedora, estratégias inovadoras de crescimento e foco em equipes digitais ágeis e motivadas.

Para 2024, a expectativa da Pague Menos é dar continuidade ao trabalho que a tornou a segunda maior rede de farmácias do Brasil, posição consolidada após a aquisição da rede Extrafarma em 2022. Patriciana Rodrigues faz o balanço: “2023 foi um ano onde a Pague Menos fez grandes investimentos. Participamos ativamente do BBB, somos patrocinadores oficiais da Seleção Brasileira, realizamos um programa de TV focado no nosso público-alvo, chamado ‘Topa um Acordo Pague Menos’. Pudemos interagir com nossos clientes e falar sobre nossos produtos. Existem muitas possibilidades.”

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado