Pesquisar
Close this search box.

Boi gordo: diminuição na demanda por carne pressiona preços

boi gordo preços
(Foto: Pexels/Pixabay.)

O mercado físico do boi gordo registrou um volume baixo de transações, resultando em uma diminuição das escalas de abate nos frigoríficos. A escala reduziu para uma média de nove dias úteis em todo o Brasil, de acordo com informações fornecidas pela Agrifatto, nesta quinta-feira (4/01). Essa consultoria observa uma tendência no mercado. A demanda reduzida por carne bovina está afetando os frigoríficos. Eles estão sendo levados a oferecer preços mais baixos pelo boi gordo. Esse cenário pode impactar negativamente as cotações da arroba. Espera-se tais efeitos ao longo do mês de janeiro.

No estado de Mato Grosso, observou-se uma queda de 0,5% no preço do boi, com o valor estabelecido em R$ 214 por arroba. Paralelamente, na B3, os contratos apresentaram uma tendência de baixa na quinta-feira. Especificamente, o contrato de janeiro sofreu uma redução de 1,21%, estabilizando-se em R$ 244,70 por arroba.

Projeções para 2024

Além disso, os especialistas do Cepea, vinculados à Esalq/USP, preveem um aumento na oferta a partir de março. Essa expansão pode exercer pressão sobre as cotações do boi gordo. Por outro lado, eles também destacam que o volume de animais disponíveis para abate no primeiro semestre de 2024 pode crescer, devido à inclusão de vacas que não conseguiram engravidar no ano anterior.

De acordo com a Agrifatto, o mercado de carne com osso, bem como as vendas no varejo e as distribuições no atacado, estão variando entre fracas e moderadas.

O Cepea projeta que, para 2024, pode haver um mercado doméstico mais dinâmico. Beneficiado por uma inflação controlada e um crescimento modesto do Produto Interno Bruto (PIB), este cenário parece promissor. Consequentemente, os pesquisadores sugerem que essas condições macroeconômicas podem induzir um leve aumento na demanda por carne bovina.

Por outro lado, mesmo sendo uma alta modesta, o Cepea avalia esse crescimento como um indicativo positivo. Essa perspectiva é particularmente relevante, considerando a redução do consumo interno vista nos anos anteriores.

Impacto do El Nino

Adicionalmente, outros aspectos devem impactar nos preços do boi gordo. Como o El Niño, que deve continuar influente nos próximos meses. Espera-se que este fenômeno climático provoque um atraso na chegada de um volume maior de boiadas de pasto, sustentando altas cotações no começo de 2024.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado