Queda nas taxas do Tesouro Direto e Treasuries

Tesouro Direto hoje
Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (24), observou-se uma queda nas taxas dos títulos do Tesouro Direto em comparação com o dia útil anterior. Esta redução se reflete nos prefixados e títulos de inflação.

Prefixados Apresentam Diminuição

Especificamente às 09h42, os títulos prefixados para os anos de 2026, 2029 e os com juros semestrais para 2033 registraram quedas para 9,75%, 10,42% e 10,65%, respectivamente. Essa variação está acompanhada por uma alteração nos preços unitários, sendo negociados a R$ 835,13, R$ 614,98 e R$ 973,82.

Queda nos Títulos de Inflação

Paralelamente, os títulos de inflação, particularmente os Tesouros IPCA+ para 2029, 2035 e 2045, também apresentaram queda nas suas taxas, alcançando 5,46%, 5,57% e 5,71%, respectivamente. Os valores unitários desses papéis foram ajustados para R$ 3.175,05, R$ 2.849,92 e R$ 1.295,93.

Treasuries Americanos Seguem Tendência

A tendência de queda não se restringiu aos títulos nacionais. Os Treasuries americanos, com prazos de 5, 10 e 30 anos, também registraram redução nas suas taxas nesta manhã, alcançando valores de 4%, 4,09% e 4,33%, respectivamente.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado