Com presença de Arthur Lira, Beija-Flor recebe R$ 8 milhões de Maceió

Beija-Flor recebe R$ 8 milhões de Maceió e desfile de Arthur Lira
Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, e JHC, prefeito de Maceió, na Sapucaí (Foto: Reprodução/Instagram).

No carnaval deste ano, a escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, uma das mais tradicionais do Rio de Janeiro, recebeu patrocínio de R$ 8 milhões da Prefeitura de Maceió. Este fato chamou a atenção não apenas pelo valor mas também pela participação de figuras políticas no desfile. Como o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, conhecido como JHC (PL).

O desfile da Beija-Flor, que aconteceu na noite de domingo (11) pelo Grupo Especial, homenageou Rás Gonguila, uma personalidade histórica do carnaval alagoano, o que justifica o interesse e o apoio da cidade de Maceió. A parceria entre a prefeitura e a escola foi oficializada em 15 de maio de 2023, conforme publicação no Diário Oficial do Município, detalhando que os recursos de R$ 8 milhões a serem recebidos pela Beija-Flor seriam disponibilizados conforme um cronograma específico.

A prefeitura esclareceu que os fundos para o patrocínio viriam de recursos privados, captados por meio de leis de incentivo e parcerias, sem utilizar verbas de emendas parlamentares. De acordo com a prefeitura, a iniciativa visa promover a cultura local e o turismo na capital alagoana, conforme declarado em nota oficial.

Tribunal de Contas de Alagoas investiga

A alocação desses recursos pela Prefeitura de Maceió levantou questões. Dessa forma, o Tribunal de Contas do Estado de Alagoas, em agosto de 2023, deu início a uma investigação. O objetivo era avaliar se havia excessos nos gastos com o patrocínio à Beija-Flor. O TCE solicitou informações detalhadas sobre a conformidade dos gastos com o orçamento municipal para turismo. Também pediu comparações com o suporte financeiro dado às agremiações locais.

Até a data da reportagem, Arthur Lira e a Beija-Flor não se pronunciaram sobre o inquérito do Tribunal de Contas ou as críticas ao patrocínio. A prefeitura de Maceió justificou o investimento como um meio de promover a cultura e o turismo na cidade. Destacou o impacto benéfico do desfile na economia local, ajudando profissionais de várias áreas.

Presença de Arthur Lira no desfile

O presidente da Câmara Arthur Lira desfilou pela diretoria da Beija-Flor e manifestou apoio publicamente, referindo-se ao evento como um “momento histórico” para Alagoas.

Durante o evento no Sambódromo, Lira fez questão de cumprimentar Anísio Abraão David. David é o presidente de honra da Beija-Flor e tem em seu histórico uma condenação por envolvimento com o jogo do bicho no Rio de Janeiro.

Ainda na Sapucaí, Lira expressou sua paixão pela Beija-Flor, revelando ser um fã de longa data da escola. Ele compartilhou que, apesar de frequentemente assistir aos desfiles dos camarotes, esta foi a primeira vez que participou ativamente, desfilando. Ele mencionou também sua presença no trio elétrico de Bell Marques, em Salvador, na véspera.

Ao ser indagado sobre a ligação entre políticos e figuras do crime, no domingo (11), Lira defendeu a escola de samba como uma expressão de democracia. Além disso, ele enfatizou que as parcerias entre o setor público e privado são essenciais para a promoção da cultura.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado