Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

IGP-10 registra queda em Fevereiro, revela FGV

IGP-10 queda
(Foto: Diário do Nordeste/ LUCAS DE MENEZES)

A queda do IGP-10 trouxe uma virada no cenário econômico no mês de Fevereiro, conforme divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Após uma alta em janeiro, o índice recuou 0,65% neste mês, marcando a primeira deflação desde agosto de 2023. Esse movimento reflete uma tendência interessante no acumulado do ano, com uma redução de 0,23%, e uma queda anual de 3,84%.

Analistas do mercado financeiro haviam projetado variações que iam desde uma queda mais acentuada do IGP-10 até uma possível alta, mas o índice fechou abaixo dessas expectativas. A deflação do índice de fevereiro ressalta a influência dos preços no atacado, que registraram um recuo significativo de 1,08%, contrastando com o aumento observado no mês anterior.

Dentro do IGP-10, o comportamento dos preços varia entre seus componentes. Enquanto o IPA-10, que reflete os preços no atacado, apresentou redução, o IPC-10, relacionado aos preços ao consumidor, mostrou um aumento de 0,62%. O INCC-10, por sua vez, indicou uma leve elevação nos preços da construção civil.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

O coordenador dos índices de preços da FGV, André Braz, aponta que variações climáticas impactaram significativamente certos produtos, como tubérculos e frutas. Este aspecto destaca a volatilidade de itens específicos e sua influência no índice geral.

Variações dos preços

A análise das commodities agrícolas oferece insights adicionais sobre o comportamento do mercado. Exemplos incluem a variação do milho, que passou de uma alta expressiva para uma queda notável, e a soja, que viu seu preço recuar drasticamente.

“Em relação às principais commodities agrícolas, uma mudança significativa na tendência foi percebida desde janeiro. O milho, que havia visto um aumento de 10,52%, sofreu uma queda para -4,99%, e a soja, que registrou uma redução drástica de seu valor, indo de uma diminuição modesta de 1,26% para um recuo acentuado de 15,01%”, detalhou Braz ao Info Money.

Essa recuo dos preços em atacado e as alterações nos demais componentes do IGP-10 refletem a complexidade do cenário econômico e sua sensibilidade a diversos fatores, desde climáticos até de mercado. Este episódio enfatiza a importância de monitorar tais indicadores para compreender as tendências econômicas e financeiras.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado