Pesquisar
Close this search box.

Confira os salários dos prefeitos das capitais brasileiras

Confira os salários dos prefeitos das capitais brasileiras
Edvaldo Nogueira (PDT), Prefeito de Aracaju, tem o maior salário entre gestores das capitais brasileira (Foto: Arthur DAvila/PMA)

Às vésperas das eleições municipais de 2024, marcadas para 6 de outubro, surge um ponto de interesse: quanto ganham os prefeitos das capitais do Brasil? De acordo com a Constituição Federal, a Câmara Municipal é quem determina a remuneração desses políticos. Entretanto, o valor não pode ultrapassar o salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal, estabelecido em R$ 44 mil para o ano.

Um levantamento realizado pelo site CNN Brasil revela uma ampla disparidade nos salários líquidos dos prefeitos das 26 capitais do país. Os valores variam entre R$ 10,4 mil e R$ 36,9 mil. Assim, destaca-se a diversidade econômica e social entre os municípios.

No topo da lista está o prefeito de Aracaju, atualmente Edvaldo Nogueira (PDT), cujo salário mensal alcança R$ 36.995,39. Aracaju, com uma população de aproximadamente 665 mil habitantes, lidera com uma remuneração quase R$ 10 mil superior à do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), que recebe R$ 27.244,62. A capital paulista, a mais populosa do Brasil, ocupa o terceiro lugar na classificação, ficando atrás de João Pessoa–PB, onde o prefeito Cícero Lucena (PP) recebe R$ 30.879,78 mensais.

Por outro lado, as capitais com as remunerações mais baixas incluem Macapá, Vitória e Rio Branco, esta última ocupando a última posição. O prefeito da capital acreana, Tião Bocalom (PP), recebe mensalmente R$ 10.419,16, mais de sete vezes o valor reajustado do salário mínimo, que é de R$ 1.412.

A seguir, a lista completa dos salários dos prefeitos das capitais brasileiras, revelando as disparidades econômicas e políticas presentes no cenário municipal do país.

Confira os salários dos prefeitos das capitais brasileiras:
Posição Capital Nome do Prefeito(a) Salário
1 Aracaju Edvaldo Nogueira (PDT) R$ 36.995,39
2 João Pessoa Cícero Lucena (PP) R$ 30.879,78
3 São Paulo Ricardo Nunes (MDB) R$ 27.244,62
4 Belo Horizonte Fuad Noman (PSD) R$ 26.343,28
5 Florianópolis Topazio Neto (PSD) R$ 26.198,15
6 Curitiba Rafael Greca (PSD) R$ 25.779,64
7 Rio de Janeiro Eduardo Paes (PSD) R$ 24.751,97
8 Natal Álvaro Dias (Republicanos) R$ 23.449,17
9 Palmas Cinthia Ribeiro (PSDB) R$ 21.741,36
10 Goiânia Rogério Cruz (Republicanos) R$ 21.489,55
11 Porto Velho Hildon Chaves (União Brasil) R$ 21.464,92
12 Manaus David Almeida (Avante) R$ 19.824,17
13 Recife João Campos (PSB) R$ 18.792,17
14 Salvador Bruno Reis (União Brasil) R$ 18.741,09
15 Belém Edmilson Rodrigues (PSOL) R$ 18.591,92
16 São Luís Eduardo Braide (PSD) R$ 18.507,46
17 Teresina Dr. Pessoa (Republicanos) R$ 17.690,57
18 Boa Vista Arthur Henrique (MDB) R$ 17.188,07
19 Porto Alegre Sebastião Melo (MDB) R$ 16.666,90
20 Campo Grande Adriane Lopes (PP) R$ 15.642,16
21 Fortaleza José Sarto (PDT) R$ 15.588,15
22 Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) R$ 14.971,45
23 Maceió JHC (PL) R$ 14.746,17
24 Macapá Dr. Furlan (Podemos) R$ 14.221,59
25 Vitória Lorenzo Pazolini (Republicanos) R$ 12.705,25
26 Rio Branco Tião Bocalom (PP) R$ 10.419,16

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado