Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Minério de Ferro despenca com clima e estoque na China

Minério de Ferro
(Foto: Divulgação)

Os preços do minério de ferro atingiram uma mínima de quatro meses, refletindo um aumento nos estoques na China e uma desaceleração na atividade de construção devido ao clima adverso. A desvalorização no mercado de commodities levantou preocupações quanto à demanda futura pelo insumo essencial na fabricação de aço.

Nesta segunda-feira, os contratos futuros mais negociados do minério de ferro na Bolsa de Dalian encerraram o dia com uma queda de 3,21%, atingindo 875 iuanes por tonelada. Esse valor representa o patamar mais baixo desde 27 de outubro do ano passado, continuando a tendência de queda observada na semana anterior.

Em Cingapura, o cenário não foi diferente, com o minério de ferro de referência recuando 3,41%, alcançando 115,95 dólares por tonelada. Esse declínio nos preços se deve em parte ao aumento dos estoques nos principais portos chineses, que subiram 2,1% na última semana, atingindo o maior volume desde abril do ano passado.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Além dos fatores internos, preocupações com a oferta global de minério de ferro também influenciaram o mercado. Contudo, analistas do banco ANZ destacaram que o risco de interrupção no fornecimento diminuiu, especialmente após um ciclone que ameaçava a região produtora da Austrália Ocidental se afastar.

Em nota, os analistas do ANZ disseram que “Os estoques de minério de ferro nos principais portos chineses aumentaram. As preocupações com a oferta também diminuíram, com um ciclone que ameaçava os portos da Austrália Ocidental agora se afastando do hub de minério de ferro no Estado”.

A Vale, importante fornecedora mundial de minério de ferro, confirmou que recentes incidentes causados por chuvas intensas no Brasil não afetariam significativamente seus embarques ou produção. No entanto, o mercado permanece cauteloso, observando os sinais de desaceleração no setor de construção chinês, que tradicionalmente impulsiona a demanda por aço e, consequentemente, por minério de ferro.

Com a queda nos preços das casas novas na China e a demora na retomada das atividades de construção devido ao mau tempo, os analistas preveem um cenário desafiador para o mercado de minério de ferro. A tendência atual sugere que, sem um impulso significativo na demanda ou uma redução nos estoques, os preços podem continuar sob pressão no curto prazo.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado