Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Crescimento robusto no setor de segurança eletrônica

Selma Migliori, presidente da ABESE - Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança.

Conforme dados divulgados pela Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese), o setor de segurança eletrônica encerrou o ano de 2023 com um faturamento superior a R$ 12 bilhões, marcando um crescimento médio de 13,75%. A indústria não só superou o desempenho geral do mercado mas também registrou um crescimento significativo de 18,3% no mesmo período. Esta expansão é atribuída à crescente demanda por soluções de segurança eletrônica avançadas, especialmente aquelas baseadas em Inteligência Artificial (AI) e Automação.

A Ascensão da Inteligência Artificial

Um aspecto notável da pesquisa é que 54% de todos os produtos de segurança fabricados no Brasil já incorporam tecnologias de Inteligência Artificial, marcando uma evolução comparável à transição do analógico para o digital. Este avanço indica que soluções com AI devem liderar a transformação do setor, estimulando o interesse por sistemas de alto desempenho capazes de aprimorar análises e respostas em tempo real. Para 2024, a expectativa é que o setor cresça 18,5%, impulsionado pela adoção crescente de tecnologias de segurança eletrônica em diversos setores.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Expansão das Portarias Eletrônicas

A adoção de soluções de portaria remota tem sido um marco importante, com mais de 12 mil condomínios em todo o Brasil já utilizando esse sistema. Este crescimento reflete a preocupação com a segurança e a eficácia dessas soluções em automatizar processos de validação de entrada e saída, reduzindo vulnerabilidades. A presidente da Abese, Selma Migliori, destaca a tendência das portarias remotas em promover segurança e gerar economia de custos para os condomínios.

Impacto no Emprego e Qualificação Profissional

O setor, composto por mais de 33,5 mil empresas, é responsável por mais de 1 milhão de empregos diretos e 3 milhões de indiretos. Com a previsão de crescimento contínuo, há uma demanda por profissionais qualificados em áreas como comercial, marketing, financeiro e técnicas. A Abese está expandindo programas de qualificação para preparar profissionais para atender às necessidades do setor, enfatizando a importância da qualificação frente às novas tecnologias.

O crescimento no setor de segurança eletrônica reflete a evolução tecnológica e a demanda crescente por soluções avançadas. Com investimentos em AI, portarias eletrônicas e qualificação profissional, o setor se prepara para um futuro de inovação e expansão, reforçando a importância da segurança eletrônica na sociedade moderna.

Confira também:

CORPVS Segurança: trajetória de 49 anos de liderança

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado