Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Grendene alcança lucro recorde no 4T23

Grendene
(Imagem: reprodução/Grendene)

A Grendene divulgou um lucro líquido recorrente de R$ 256,5 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), representando um aumento de 22,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. A ascensão também se refletiu na margem líquida recorrente, que registrou um incremento de 33,7% em comparação com o último trimestre de 2022.

Os números positivos continuaram com o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês), atingindo R$ 168,2 milhões no quarto trimestre. Um crescimento de 12,7% em relação ao mesmo período de 2022. Surpreendendo as expectativas do consenso LSEG, o Ebitda anual de 2023 superou a projeção, totalizando R$ 370,7 milhões, em comparação com os estimados R$ 346 milhões.

A empresa também viu um aumento no resultado financeiro líquido do trimestre, alcançando R$ 92,3 milhões, ou seja, um aumento de 62% em relação ao quarto período de 2022. Além disso, o lucro operacional líquido recorrente (Ebit) subiu 19,2% em comparação anual, chegando a R$ 157,5 milhões.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Apesar desses avanços, a receita líquida teve uma leve queda de 0,4%, totalizando R$ 760,8 milhões. Assim, houve também uma redução de 2,4% nos pares vendidos, atingindo 42,5 milhões. No entanto, a receita líquida por par aumentou em 2,1%, chegando a R$ 17,89.

Alceu Albuquerque, CFO da Grendene, explicou que fatores do mercado externo foram principalmente responsáveis pela diminuição nas vendas. Logo, impactou negativamente a varejista de calçados devido às quedas nas exportações. Fatores como a desaceleração da economia global, taxas de juros elevadas e eventos climáticos adversos contribuíram para essa queda.

Além disso, questões políticas e econômicas em países da América Latina, juntamente com tensões no Oriente Médio e o aumento da concorrência com produtos chineses, também afetaram as vendas da Grendene na região.

Projeções 

Para enfrentar esse cenário desafiador, a empresa está focada em estratégias como o lançamento de produtos mais acessíveis, gestão aprimorada de distribuidores e investimentos em fortalecimento de marcas. A coleção primavera-verão 2023/2024 da Melissa, lançada no mercado interno em julho, promete impulsionar as vendas nos próximos meses. Atualmente, é vista como uma aposta promissora.

No mercado interno, apesar de um quarto trimestre desafiador, a dinâmica de vendas para lojistas (sell-in) e para o público final (sell-out) parece estar se normalizando. A marca Melissa liderou o aumento nas vendas, com um crescimento de 12,9% no sell-out em comparação com o mesmo período do ano anterior.

O e-commerce da Grendene tem sido uma ferramenta crucial para ampliar as vendas, com um crescimento de 31% no quarto trimestre. Espera-se que a abertura de mais lojas em 2024 impulsione ainda mais os resultados da empresa.

Além dos resultados positivos, o Conselho de Administração aprovou a distribuição de proventos aos acionistas, totalizando R$ 145,8 milhões. Os proventos serão pagos a partir de 15 de maio. A distribuição inclui juros sobre capital próprio (JCP) no valor de R$ 95 milhões e dividendos no valor de R$ 50,8 milhões.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado