Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Banco do Brasil emite US$ 750 mi em bônus ESG

Bancos estatais voltam a ter participação no crédito após 8 anos
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil).

O Banco do Brasil (BB) concluiu uma captação de US$ 750 milhões através de bônus sustentáveis com vencimento em sete anos e uma taxa de juros de 6,3%, informaram fontes próximas à transação. Realizada pelas operações do banco nas Ilhas Cayman, esta emissão visa financiar ou refinanciar projetos com impacto ambiental e social positivo.

Esta não é a primeira vez que o BB se volta ao mercado internacional com foco em sustentabilidade. Em abril de 2023, a instituição já havia levantado US$ 750 milhões sob o mesmo conceito, seguindo uma emissão de US$ 500 milhões em títulos sociais em janeiro de 2022. A demanda pela última oferta atingiu US$ 3,5 bilhões, permitindo ao banco reduzir a taxa inicialmente prevista de 6,75%.

A emissão reforça o bom momento das empresas brasileiras no cenário internacional, com expectativas de retomada das captações externas em 2024. Desde janeiro, o volume de títulos brasileiros emitidos alcançou cerca de US$ 9,6 bilhões, incluindo a recente emissão do BB. As projeções indicam que o total de emissões pode chegar a pelo menos US$ 20 bilhões até o fim do ano, representando um aumento de 30% em relação a 2023.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Dentre as emissões realizadas este ano, quatro possuíam certificação ESG, destacando-se a da Raízen, que arrecadou US$ 1,5 bilhão com prazos de 10 e 30 anos. O Tesouro Nacional liderou as captações com US$ 4,5 bilhões, seguido por empresas como Cosan, Azul, CSN, FS, Ambipar e 3R Petroleum.

Após um período de baixa, marcado por volatilidade e altas taxas de juros nos Estados Unidos, o mercado de captações internacionais mostra sinais de aquecimento. A expectativa de estabilização e futuros cortes nas taxas de juros pelo Federal Reserve tem incentivado novas emissões.

Fontes indicam que mais empresas brasileiras devem realizar emissões em março, após a divulgação dos resultados do último trimestre de 2024. Entre as instituições financeiras que facilitaram a captação do BB estão UBS, Citibank, J.P. Morgan, Santander e SMBC Nikko, sinalizando a confiança e o interesse do mercado nas iniciativas sustentáveis do banco.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado