Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Após 2 anos de prejuízo, Magazina Luiza tem lucro no 4T23

Magazine Luiza
(Foto: Magazine Luiza/Divulgação)

Após um período desafiador, a Magazine Luiza (MGLU3) anuncia uma virada em suas finanças, registrando um lucro líquido ajustado de R$ 101,5 milhões no quarto trimestre de 2023. Este resultado é o primeiro lucro positivo em dois anos, revertendo um cenário anterior de prejuízo. Os resultados destacam o sucesso das estratégias adotadas pela varejista. A última vez que o Magazine Luiza havia registrado um resultado recorrente positivo foi no terceiro trimestre de 2021, quando o lucro ajustado ficou em R$ 22,6 milhões. Sem ajustes, o lucro somou R$ 212,2 milhões no 4T23, revertendo prejuízo de R$ 35,9 milhões.

Um dos principais efeitos não-recorrentes do trimestre se repetiu, que foi a reversão de créditos tributários que favoreceram o lucro contábil. A projeção do LSEG para o Magazine Luiza era de R$ 37,3 milhões de lucro líquido.

Vanessa Papini Rossini, diretora-adjunta de relações com investidores, enfatizou o foco da empresa na expansão da rentabilidade e no crescimento do lucro ao longo de 2023, mesmo diante de um cenário de juros elevados. Este compromisso resultou em um avanço, com o Ebitda ajustado alcançando R$ 756,5 milhões, uma alta de 12,3% comparado ao mesmo período do ano anterior.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Melhoria nas margens

A margem Ebitda ajustada também impressionou, atingindo 7,2%, o melhor resultado dos últimos três anos. Um aspecto notável deste período foi o avanço na margem bruta, que subiu de 27,8% para 30,3%, beneficiada pelo desempenho do segmento de marketplace e pela eficiência operacional.

O sucesso do Marketplace e estratégias 

Um marco importante foi a performance do marketplace, cujas vendas totalizaram R$ 5,1 bilhões no trimestre, ultrapassando as vendas das lojas físicas, que registraram R$ 5 bilhões.. Este crescimento nas vendas online fortaleceu a receita de prestação de serviços, contribuindo com R$ 1 bilhão para o Magazine Luiza, uma alta de 16,9%.

Investimentos em tecnologias como Fulfillment (serviço logístico para os sellers) e Magalu Ads são estratégicos para potencializar ainda mais este segmento em 2024. A Luiza Cred, parceria financeira do Magazine Luiza, também voltou a lucrar, registrando R$ 18 milhões no trimestre.

Fortalecimento financeiro

A posição de caixa robusta, com R$ 9 bilhões, e o caixa líquido de R$ 1,7 bilhão ao final do ano, aliados à redução de despesas financeiras, como a maior participação de pagamentos via Pix, são indicativos da sólida saúde financeira da empresa.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado