Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Demissões por justa causa têm aumento recorde no Brasil

Demissão por justa causa tem aumento recorde no Brasil
(Foto: Andrea Piacquadio/Pexels).

Em janeiro de 2024, o número de demissões por justa causa atingiu um recorde, com 39.511 casos, superando todos os registros anteriores desde 2004. Fevereiro seguiu a tendência, com 35.667 desligamentos. Especialistas atribuem o crescimento a fatores como o retorno ao trabalho presencial e o dinamismo do mercado de trabalho.

O levantamento da LCA Consultores indica que o aumento é expressivo em comparação com os anos anteriores. Janeiro viu um aumento de 11,5% em relação a dezembro e 25,6% em comparação com janeiro de 2023. Fevereiro também mostrou crescimento, com 25,9% a mais que o mesmo período do ano passado.

Bruno Imaizumi, economista da LCA, sugere que a adaptação ao ambiente de trabalho pós-pandemia e a observação mais atenta do comportamento dos empregados pelas empresas podem ter influenciado os números. Além disso, menciona o fenômeno da renúncia silenciosa como um possível fator. A metodologia do Caged, mais abrangente desde 2020, e fatores sazonais também são citados como contribuintes para o aumento.

conteúdo patrocinado

Hélio Zylbersztajn, professor sênior da da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária (FEA) da Universidade de São Paulo (USP) ressalta a importância do aquecimento do mercado de trabalho na explicação do fenômeno. A alta rotatividade e a maior inserção de trabalhadores menos qualificados ou experientes no mercado podem levar a erros e comportamentos que resultam em demissões por justa causa.

Apesar do aumento em números absolutos, as demissões por justa causa representam cerca de 2% do total de desligamentos, uma proporção que não se alterou drasticamente nos últimos anos. O pico dessa proporção ocorreu em 2014, em um contexto de mercado de trabalho similar ao atual.

A tendência de alta nas demissões por justa causa parece se manter, com o total acumulado em 12 meses alcançando 392.962 em fevereiro, indicando que o mercado de trabalho ativo continua a influenciar esses desligamentos. No entanto, com o mercado começando a mostrar sinais de desaceleração, os números podem se estabilizar, mantendo o cenário sem aumentos consideráveis nas demissões por justa causa.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado