Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Marinha dos EUA desenvolve arma para abater drones

abater drones
(Foto: Reprodução/Internet)

A Marinha dos EUA está desenvolvendo um projeto inovador, conhecido como METEOR, que visa testar uma arma de micro-ondas de alta potência a bordo de um navio até 2026. Este sistema experimental promete emitir feixes de energia eletromagnética capazes de incapacitar os componentes eletrônicos e abater drones.

A necessidade de novas armas

O uso crescente de drones em conflitos armados tem desafiado as estratégias militares tradicionais, exigindo respostas tecnológicas avançadas. Os drones são baratos, facilmente adaptáveis e acessíveis, sendo utilizados por pequenos exércitos e grupos guerrilheiros para provocar danos significativos.

Funcionamento das armas de micro-ondas

As armas de micro-ondas de alta potência funcionam através da emissão de ondas de energia eletromagnética de alta frequência que são capazes de danificar instantaneamente os circuitos eletrônicos e abater um drone. Essa tecnologia é parte de um interesse maior dos EUA em sistemas de energia dirigida, que incluem lasers, ondas sonoras e feixes de partículas.

conteúdo patrocinado

Vantagens econômicas

Além de sua eficácia, as armas de micro-ondas oferecem uma solução econômica em comparação com armamentos convencionais. Cada disparo de uma arma de micro-ondas é consideravelmente mais barato do que munições tradicionais, tornando-se uma alternativa atrativa para combater a ameaça crescente dos drones.

Perspectivas globais

Não são apenas os Estados Unidos que estão investindo em tecnologias de energia dirigida. O Reino Unido, por exemplo, demonstrou recentemente o sistema DragonFire, uma arma a laser capaz de abater alvos aéreos, destacando uma tendência global de desenvolvimento dessas tecnologias defensivas.

Projeto METEOR

O projeto METEOR da Marinha dos EUA é um passo significativo na adaptação às novas realidades da guerra moderna. Com a capacidade de neutralizar ameaças de drones de forma eficaz e econômica, o sistema de micro-ondas não apenas protege as forças armadas mas também redefinirá a natureza do combate nos próximos anos.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado