Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Caixa libera Fundo de Garantia a afetados por enchentes no RS

Caixa libera Fundo de Garantia a afetados por enchentes no RS
(Foto: Divulgação/CBMPR).

Os moradores do Rio Grande do Sul afetados por recentes enchentes agora podem sacar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A liberação foi anunciada pela Caixa Econômica Federal, que possibilitará o saque através do aplicativo FGTS.

Para ter direito ao Saque Calamidade, é necessário que o município do solicitante esteja em estado de calamidade pública ou situação de emergência, reconhecidos por portaria do governo federal. As prefeituras das áreas impactadas devem fornecer à Caixa as informações sobre as localidades afetadas.

 

conteúdo patrocinado

A medida visa oferecer suporte financeiro aos cidadãos que tiveram suas residências danificadas pelas chuvas. De acordo com a Caixa, equipes técnicas serão enviadas para auxiliar as prefeituras nas ações emergenciais e garantir que o suporte seja efetivo. Os afetados poderão realizar o saque diretamente pelo aplicativo, facilitando o processo e evitando deslocamentos desnecessários.

Além do saque emergencial, a Caixa informou que os clientes com contratos de financiamento habitacional nas regiões afetadas podem solicitar a suspensão desses pagamentos por um período de três meses. Essa suspensão pode ser requerida diretamente no banco e, para os clientes que se encontram inadimplentes, há a possibilidade de incorporar as prestações atrasadas ao saldo devedor.

As condições severas de tempo no estado resultaram em graves danos e perdas de vidas. Conforme dados da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, os temporais afetaram cerca de um terço dos municípios do estado, resultando em 37 mortes e 74 pessoas desaparecidas. O número de desabrigados e desalojados chega aos milhares, com 23.598 pessoas abrigadas até o momento.

A resposta ao desastre envolve uma colaboração entre os governos federal, estadual e municipais. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao lado do governador Eduardo Leite, visitou a região para anunciar medidas de apoio às vítimas. Entre essas medidas, a liberação do FGTS é destacada como uma ferramenta para mitigar o impacto financeiro sobre os cidadãos afetados.

Além do suporte emergencial via FGTS, o reconhecimento oficial do estado de calamidade ou emergência auxilia para que os residentes possam acessar outras formas de auxílio. O processo simplificado através do aplicativo FGTS permite que os trabalhadores afetados recebam os recursos rapidamente, sem a necessidade de comparecer pessoalmente às agências bancárias.

Essas iniciativas são parte de um esforço maior para fornecer alívio imediato às comunidades devastadas pelas enchentes, enquanto planejamentos a longo prazo estão sendo elaborados para reconstruir e fortalecer a infraestrutura e a resiliência dos municípios afetados.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado