Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

1T24: Positivo Tecnologia reporta lucro recorde de R$ 64,3 milhões

Positivo Tecnologia e o lucro recorde no 1T24. (Imagem: Divulgação/Positivo)
Positivo Tecnologia e o lucro recorde no 1T24. (Imagem: Divulgação/Positivo)

A Positivo Tecnologia reportou um lucro líquido consolidado de R$ 64,3 milhões no primeiro trimestre de 2024, um aumento impressionante de 655,1% em relação aos R$ 8,5 milhões registrados no mesmo período do ano passado. Esse resultado foi impulsionado pelo maior Ebitda e pela redução das despesas financeiras líquidas, resultado da diminuição do endividamento.

Crescimento do Ebitda

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Positivo somou R$ 115,6 milhões, apresentando um crescimento anual de 36,3%. Apesar disso, a margem Ebitda foi de 11,6%, uma leve queda de 0,4 ponto percentual comparada ao ano anterior. A receita líquida também subiu 37,7%, alcançando R$ 1,1 bilhão, enquanto a receita bruta somou R$ 1,177 bilhão, impulsionada pela receita do segmento de negócios comerciais, que totalizou R$ 663,7 milhões, um aumento de 13,5%.

Positivo Tecnologia e lucro recorde: desempenho no contexto econômico

O desempenho da Positivo se deu em um contexto desafiador, com juros elevados e a desvalorização do real. Mesmo assim, a empresa conseguiu fidelizar uma forte base de varejistas regionais e plataformas de vendas online. “Nosso lucro líquido cresceu oito vezes e foi o maior da história para este período. Com esses resultados, anunciamos o resgate antecipado de nossas debêntures, que têm taxas caras para o momento, reduzindo assim nosso custo total de serviço da dívida”, afirmou a companhia em seu balanço financeiro.

conteúdo patrocinado

Leia também:

Endividamento e alavancagem

Ao final de março de 2024, a dívida líquida da Positivo era de R$ 787,1 milhões, uma redução de 16,4% em comparação ao final de dezembro. O índice de alavancagem foi de 1,3 vez ao fim de março, uma leve redução de 0,2 vez se comparado com um ano antes. A empresa também gerou caixa operacional positiva de R$ 83 milhões no trimestre, ajudada pelo maior lucro líquido no período.

Aquisições e expansão

A aquisição da Algar TI, concluída em março por R$ 235 milhões, é parte da estratégia de diversificação da Positivo. A integração da Algar TI fortalecerá a Positivo Tech Services, ampliando o portfólio com ofertas de nuvem, inteligência artificial e cibersegurança. Com essa aquisição, a Positivo incorporará 4,5 mil profissionais e reforçará sua presença em 16 países da América Latina.

A Positivo enfrenta o desafio de manter a margem e o lucro próximos aos níveis históricos recentes, especialmente sem a receita adicional de projetos especiais. A empresa já definiu suas prioridades para 2024, incluindo um pipeline bilionário no setor público e a continuidade da integração das novas unidades de negócios.

Mercado de ações

No reflexo do lucro recorde, as ações da Positivo Tecnologia fecharam o pregão da última terça (14), na B3, cotadas a R$ 9,16. Trata-se de uma queda de 1,40%, mas com uma valorização de 31,6% em 2024. A expectativa é que os projetos ligados ao setor público e as sinergias das aquisições recentes continuem impulsionando o desempenho da empresa.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado