Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Boletim Focus eleva previsões de inflação e juros para 2024

Estimativas de inflação e PIB para 2024 são ajustadas

Banco Central do Brasil - Boletim Focus - Copom
Banco Central do Brasil (Imagem: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

O boletim “Focus”, divulgado nesta segunda-feira (20) pelo Banco Central do Brasil (BC), revelou ajustes nas previsões de inflação e taxa de juros para 2024. Economistas de mais de 100 instituições financeiras participaram da pesquisa, realizada na semana passada, ajustando as expectativas em resposta às condições econômicas atuais.

A previsão de inflação para 2024 subiu de 3,76% para 3,80%. A meta central de inflação para 2024 é de 3%, com um intervalo de tolerância entre 1,5% e 4,5%. Para 2025, o mercado ajustou a estimativa de inflação de 3,66% para 3,74%. A inflação afeta diretamente o poder de compra da população, especialmente os que recebem salários menores, já que os preços dos produtos aumentam sem que os salários acompanhem esse crescimento.

O mercado ajustou a taxa básica de juros, atualmente em 10,50% ao ano após sete reduções consecutivas promovidas pelo BC. Então, para o final de 2024, a projeção passou de 9,75% para 10% ao ano, indicando que o mercado espera um corte menor de juros neste ano. Para o final de 2025, a projeção foi mantida em 9% ao ano.

Publicidade
Produto Interno Bruto (PIB)

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2024 teve a previsão ajustada de 2,09% para 2,05%. No entanto, para 2025, a previsão de alta do PIB permaneceu estável em 2%. O PIB, é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, ou seja, é um indicador importante para medir a evolução da economia.

Outras estimativas

Além das previsões de inflação e juros, o relatório Focus apresentou outras estimativas importantes:

  • Taxa de Câmbio: A projeção para o dólar no final de 2024 subiu de R$ 5 para R$ 5,04. Para o final de 2025, a estimativa permaneceu em R$ 5,05.
  • Balança Comercial: A previsão para o saldo da balança comercial em 2024 subiu de US$ 80 bilhões para US$ 82 bilhões de superávit. Para 2025, a expectativa avançou de US$ 76,2 bilhões para US$ 76,3 bilhões.
  • Investimento Estrangeiro: O mercado ajustou a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil para 2024 de US$ 69,5 bilhões para US$ 70 bilhões. Para 2025, a previsão subiu de US$ 73 bilhões para US$ 73,5 bilhões.

As novas projeções do boletim Focus indicam uma expectativa de maior inflação e juros mais altos, refletindo a complexidade do cenário econômico atual e as medidas necessárias para controlar a inflação e garantir a estabilidade econômica.

Leia mais:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado