Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

XP Investimentos rebaixa recomendação de Embraer para ‘neutra’

Embraer: recomendação rebaixada apesar do crescimento estelar

Valuation assimétrico da Embraer. (Imagem: Divulgação/Compare Private Planes)
Valuation assimétrico da Embraer. (Imagem: Divulgação/Compare Private Planes)

No último relatório da XP Investimentos, assinado por Lucas Laghi, Fernanda Urbano e Guilherme Nippes, a recomendação para as ações da Embraer (EMBR3) foi rebaixada de “compra” para “neutro”. A principal razão apontada foi a visão de um valuation mais assimétrico. A XP considera a performance das ações da Embraer estelar, com valorização anual de 79%.

Valuation assimétrico: desempenho recente e projeções

Na última quarta (22), as ações da Embraer fecharam em queda de 2,05%, cotadas a R$ 38,69. De tal maneira, a XP projeta um preço-alvo de R$ 37 para as ações, indicando um potencial de -6%.

No primeiro trimestre de 2024 (1T24), a Embraer registrou um prejuízo líquido ajustado de R$ 63,5 milhões, uma queda significativa ante o prejuízo de R$ 460,5 milhões do mesmo período do ano anterior. Apesar dos resultados fracos, o BTG Pactual espera uma recuperação gradual ao longo do ano, com a carteira de pedidos encerrando o primeiro trimestre em US$ 21 bilhões.

Publicidade

Análise comparativa

Apesar do forte crescimento das ações, os analistas da XP enxergam que o valuation está esticado. Nesse sentido, eles apontam que um múltiplo EV/Ebitda de 7,6x para 2025 parece elevado, considerando as expectativas de crescimento e retorno da Embraer. A XP sugere, por fim, um múltiplo mais justo de 6.0-6.5x.

Leia também:

Ações da Cielo têm recomendação rebaixada para neutra

Expectativas para os próximos anos

Além disso, os analistas apostam em um múltiplo EV/Ebitda de 6.0-6.5x, comparado aos atuais 7.6x da Embraer. De tal modo, a empresa deve entrar em um “período de colheita” de Fluxo de Caixa Livre nos próximos anos, colhendo frutos da alocação de capital intensiva do passado. O ROIC (retorno sobre o capital investido) é esperado para melhorar de 6,6-8,5% em 2023-24 para 12,3% em 2030E.

Perspectivas para a aviação comercial

Além disso, a XP Investimentos considera a aviação comercial o principal motor de crescimento, com um CAGR de EBIT de 32% para o período 2024-2030. Eles também veem a defesa como uma opcionalidade de valor plausível, se a Embraer adicionar novos pedidos à sua carteira de forma consistente. De tal maneira, a expectativa é de crescimento das vendas com expansão acima de dois dígitos para o biênio 2024-2025.

Apesar do rebaixamento da recomendação, a XP ainda tem expectativas positivas para a Embraer. Nesse sentido, a empresa deve acelerar a produção e entrega dos produtos, como o E Jet Family e o KC-390. Os analistas esperam, portanto, que o ROIC melhore de 6,6% a 8,5% esperados para 2024 para 12,3% em 2030, sustentando um perfil consistente de fluxo de caixa livre.

Leia também:

Apple enfrenta queda após relatório do Barclays

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado