Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Supley, líder em Whey Protein, pode trocar de dono em negociação bilionária

Empresa quer vender total ou parcialmente

Suplay
(Imagem: divulgação/Suplay)

O grupo paulista Supley, conhecido pelas marcas Probiótica, Dr. Peanut e Max Titanium, contratou o banco Itaú BBA para assessorá-lo em conversas com potenciais compradores. A transação, segundo fontes, pode ser total ou parcial. A Supley está entre os líderes de venda de whey protein e creatina no mercado brasileiro. Além disso, tem avançado na categoria de pasta de amendoim com a aquisição de uma empresa curitibana no ano passado.

Os fundos, empresas de alimentos e farmacêuticas interessadas em expandir a presença no segmento de vida saudável e esportes têm realizado conversas. Entre as empresas que avaliaram o negócio está a Cimed, grupo farmacêutico da família Marques, que considerou o preço elevado.

Com um faturamento anual em torno de R$ 1 bilhão, a Supley se apresenta a potenciais compradores pedindo um múltiplo entre duas a duas vezes e meia a receita, resultando em uma transação estimada em cerca de R$ 2 bilhões.

Publicidade

Recentemente, a controvérsia envolveu a companhia quando a Polícia Federal investigou o influenciador Renato Cariani por suposto desvio de produtos para a produção de drogas. O influenciador se apresentava como sócio da Supley, mas a empresa afirmou que ele era apenas um embaixador contratado.

A Supley declarou que as informações sobre a venda são rumores e que “não há nenhuma negociação em andamento para a venda da companhia”. Sendo assim, a empresa reforçou: “Estamos construindo uma trajetória consistente de crescimento orgânico e inorgânico, tornando-se um hub de saudabilidade e performance”.

Veja também:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado