Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Berkshire Hathaway despenca quase 100% após falha no mercado de ações

Falha resolvida rapidamente, normalizando as negociações

A Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) informou nesta segunda-feira (3) que enfrentou um problema técnico, impactando diretamente várias ações de grande porte. Entre elas, as ações da Berkshire Hathaway sofreram uma queda abrupta. Porém, resolveram rapidamente a falha e normalizaram as operações.

As ações da Berkshire Hathaway, lideradas por Warren Buffett, enfrentaram uma queda dramática com a falha técnica. Os ativos BRK-A despencaram para US$ 185,10, uma redução de 99,97%, antes da interrupção das negociações. Por outro lado, os papéis BRK-B registraram uma queda mais moderada, aproximadamente 1%.

Detalhes do incidente

A falha ocorreu devido a um problema com as faixas de preço, publicadas pelo Security Information Processor (SIP) da Consolidated Tape Association (CTA). Esse erro levou à suspensão temporária das negociações de várias ações importantes, entre elas as da Chipotle e Berkshire Hathaway. Especificamente, avaliou-se brevemente as ações Classe A da Berkshire a US$ 185,10, um valor muito abaixo do fechamento anterior de US$ 627.400.

Publicidade

 

Resposta rápida da NYSE

Logo no início do dia, o sistema de negociação detectou que várias ações estavam sendo negociadas fora dos limites normais de preço. A NYSE agiu rapidamente para corrigir o erro, assegurando que todos os sistemas voltassem a operar normalmente. A Intercontinental Exchange, controladora da NYSE, confirmou que um ataque cibernético não causou o problema.

Reações e consequências

Joe Saluzzi, cofundador da Themis Trading, expressou ceticismo quanto à explicação da NYSE. Ele destacou que dificilmente se poderia explicar as transações atípicas registradas por simples falhas técnicas sem um precedente claro de redução gradual nos preços, sugerindo a revogação das negociações irregulares.

Além disso, outras ações e ETFs também enfrentaram flutuações, mas em menor escala. A Barrick Gold, por exemplo, teve suas ações momentaneamente avaliadas em apenas US$ 0,25, uma queda de 98,5% antes de retornarem ao preço normal de US$ 17,28, refletindo uma alta de 1,1% no dia.

Por fim, a Bolsa de Valores de Nova York está agora investigando a extensão do problema técnico e quais ações foram precisamente afetadas. Compromete-se a adotar medidas preventivas para garantir a estabilidade futura do mercado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado