Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

De novo? Submarino da Triton promete expedições seguras ao Titanic

Novo submersível garante expedições seguras

Submarino para explorar Titanic. (Foto: Divulgação/Triton Submarines).
Submarino para explorar Titanic. (Foto: Divulgação/Triton Submarines).

A Triton Submarines, conhecida mundialmente por seus submersíveis de alta profundidade, anunciou um novo projeto que promete revolucionar a exploração submarina. Trata-se de um submarino destinado à exploração dos destroços do Titanic. Eles basearam o novo modelo, batizado de “The Explorer – Return to the Titanic”, no já renomado Triton 4000/2 Abyssal Explorer.

A experiência sucede a tragédia do Titan, ocorrida em junho de 2023. Na época, o submersível Titan, operado pela empresa OceanGate, sofreu um acidente durante uma expedição aos destroços do Titanic. O Titan, que estava em uma missão para explorar os restos do famoso navio no fundo do Oceano Atlântico, implodiu, resultando na morte de todos os cinco ocupantes a bordo.

Especificações técnicas

Nesse sentido, para entender melhor as capacidades desse novo submersível, vale destacar algumas de suas principais características técnicas. O novo submarino possui 4,45 metros de comprimento, 2,75 metros de largura e pesa impressionantes 12 toneladas. De tal maneira, equipado com “asas” especiais para manobras, ele garante uma estabilidade excepcional, mesmo em espaços reduzidos. Além disso, seu casco de acrílico, combinado com câmeras de alta resolução, oferece uma visão panorâmica de 320° do fundo do oceano, permitindo uma experiência de exploração sem precedentes.

Publicidade

Submarino para explorar Titanic: capacidades de mergulho

Analogamente, outro dos aspectos do Triton 4000/2 Abyssal Explorer é sua capacidade de mergulho. Nesse sentido, projetado para descer até 4 mil metros, o submarino supera o Titan, que tinha uma capacidade limitada a apenas 1,3 mil metros. Com a habilidade de operar por até 12 horas contínuas, este submersível é ideal, portanto, para expedições prolongadas, garantindo tanto eficiência quanto segurança.

Controle e segurança

Além disso, quando se trata de controle e segurança, o Triton 4000/2 não decepciona. O submersível, que acomoda duas pessoas por viagem, será controlado por um joystick com opções adicionais de controle por tela sensível ao toque e substituição manual. Por outro lado, esta versatilidade assegura múltiplas camadas de segurança operacional, um aspecto crucial para expedições em profundidades tão extremas.

Liderança do projeto

Nesse sentido, o desenvolvimento deste projeto está sob a liderança de Patrick Lahey, cofundador e presidente da Triton Submarines. A iniciativa é financiada por Larry Connor, um magnata de Ohio, conhecido por suas empreitadas ambiciosas. De tal modo, Connor, que é o fundador do Connor Group, uma empresa com uma carteira de R$ 26 bilhões, solicitou o desenvolvimento deste submarino com previsão de conclusão para 2026.

Tecnologia de ponta

Ademais, a Triton Submarines não poupou esforços para incorporar as mais recentes tecnologias neste projeto. O submarino possui LEDs estrategicamente espalhados para iluminação ideal e “asas de gaivota” retráteis, que fornecem estabilidade e controle durante as manobras. Adicionalmente, a empresa integra até 500 kg de equipamento especializado, permitindo a utilização de ferramentas submarinas, câmeras externas controláveis e equipamentos de amostragem.

Certificação e inovação

Por fim, uma organização marítima certificará totalmente o submarino antes de sua primeira expedição, assegurando que ele atenda a todos os padrões de segurança.

Leia também:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado