Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Apple e OpenAI se unem, mas Elon Musk critica decisão

Apple investe em inteligência artificial e firma parceria com OpenAI

Apple faz parceria com a OpenAI. (Foto: Divulgação/Apple)
Apple faz parceria com a OpenAI. (Foto: Divulgação/Apple)

Na última segunda-feira (10), a Apple anunciou um marco importante para sua estratégia de inteligência artificial, revelando o “Apple Intelligence”, um conjunto de novos recursos de IA para seus dispositivos. Este lançamento inclui uma parceria com a OpenAI, famosa por seu ChatGPT, que visa levar a experiência dos produtos Apple a novos patamares.

Durante a Worldwide Developers Conference (WWDC) anual, realizada na sede da Apple em Cupertino, Califórnia, o CEO Tim Cook destacou que essa colaboração impulsionará os produtos da Apple a um nível sem precedentes. A iniciativa vem em resposta às críticas e pressões enfrentadas pela Apple para competir com rivais como Microsoft e Google, que avançaram rapidamente na adoção de tecnologias de ponta em IA.

Parceria com OpenAI

A parceria com a OpenAI permitirá a integração do ChatGPT nos dispositivos da Apple ainda este ano. Sam Altman, chefe da OpenAI, expressou sua satisfação com a colaboração, destacando que os usuários apreciarão as novas funcionalidades. O Apple Intelligence também será incorporado na nova versão do sistema operacional iOS 18. Isso trará avanços significativos para o assistente digital Siri e outros produtos da Apple.

Publicidade

Uma das principais preocupações da Apple tem sido a integração da IA no estilo do ChatGPT, que exige um grande volume de dados, sem comprometer a privacidade e a segurança dos usuários. Craig Federighi, vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple, explicou que o novo sistema utilizará modelos generativos poderosos para fornecer inteligência relevante e proteger a privacidade dos usuários em todas as etapas.

Reações e críticas

No entanto, nem todos estão entusiasmados com essa parceria. Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX, criticou a colaboração. Ele alega que a integração da OpenAI nos dispositivos Apple representa uma ameaça à segurança dos dados. Musk, que está desenvolvendo sua própria IA, a xAI, chegou a afirmar que vai vetar os smarphones de seus funcionários nos prédios de suas empresas, obrigando-os a depositá-los em “gaiolas de Faraday”.

Leia também:

Novas funcionalidades do Apple Intelligence

A iniciativa oferecerá diversas funcionalidades, como a criação de emojis personalizados e a geração de resumos de e-mails diretamente na caixa postal. Além disso, o Siri receberá uma atualização significativa, tornando-se mais inteligente e eficiente. A promessa é que todo o processamento de dados seja feito pelo próprio dispositivo. Isso minimizará a necessidade de conexão com servidores externos, protegendo ainda mais os dados dos usuários.

Apesar das críticas, a Apple está confiante de que a nova tecnologia atenderá aos seus rigorosos padrões de privacidade e segurança. Tim Cook reiterou que a IA se integrará aos dispositivos da marca de forma intuitiva e poderosa. Analistas acreditam que essa iniciativa pode impulsionar as vendas de dispositivos Apple, que enfrentaram declínios nos últimos anos, especialmente na China.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado