Busca de crédito para educação cresce mais de 24% em um ano

(Foto:Julia M Cameron/Pexels)

O começo do segundo semestre é um dos períodos de matrículas e rematrículas em instituições de ensino. Com a volta das aulas presenciais em muitos lugares, parece que o movimento tem influenciado a busca de crédito para a educação.

Segundo um levantamento da Lendico, fintech de empréstimos pessoais online, a procura por crédito para financiar os estudos aumentou 24% em julho de 2021 na comparação com o mesmo período do ano passado.

Apesar do crescimento, os pedidos de empréstimos para educação ainda não estão entre as motivações mais apontadas na pesquisa de julho de 2021. A maioria dos solicitantes indicou que usarão os créditos para empreender (36%) e para o pagamento de dívidas (32%).

Em paralelo à criação de novos negócios, que representam 21,5% dos pedidos de empréstimo para empreender, o estudo ainda destacou que mais de 14% dos solicitantes o fizeram para investir em empresas já existentes.

O levantamento também mostrou que mais de 11% dos clientes ouvidos devem destinar o crédito extra para a compra de mobílias, reformas e até mesmo compra de imóvel.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado