Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Startup brasileira focada em aluguel e vendas de imóveis quer expandir na Europa

Este projeto marca o início da expansão da startup no México, prevista para 2022.
(Foto: Pexels)

Fundada em 2013, o QuintoAndar, startup e proptech brasileira de tecnologia focada no aluguel e na venda de imóveis é atualmente avaliada em cerca de R$ 31,4 bilhões. O último aporte recebido pela startup foi em torno de R$ 673 milhões, aconteceu no mês de agosto desse ano.

Com hub em Portugal, o QuintoAndar anunciou que recrutará talentos de tecnologia pelo mundo, além da criação de um Centro Tecnológico em Lisboa previsto para entrar em funcionamento em março de 2022.

Em entrevista concedida à Forbes, Gabriel Braga, CEO do QuintoAndar, informou que o hub vai abrigar, inicialmente, 50 profissionais e que a intenção desse projeto é atrair talentos de tecnologia para o quadro de profissionais da empresa. Este projeto marca o início da expansão da startup no México, prevista para 2022.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Outro projeto futuro do Quinto Andar é instalar em um local estratégico como Portugal um centro estruturado que nos ajude a atrair talentos da tecnologia. “Ele vai funcionar independentemente de uma estratégia de expansão internacional. Nosso objetivo, com esse hub é oferecer um produto de alto nível global e para isso precisamos de talento neste mesmo patamar”, explicou Gabriel Braga.

Ele informou também que a Europa é um celeiro de talentos e é um continente estratégico quando se trata de tecnologia. Além de atrair muitos brasileiros, o local também concentra pessoas e profissionais de todo o mundo. Gabriel Braga informou que a necessidade de demanda por profissionais qualificados de tecnologia no QuintoAndar é cada vez maior acompanhando um movimento que é global.

De acordo com André Penha, CTO da startup, o plano para a equipe em Portugal é baseado na autonomia. “A razão pela qual lideramos o cenário de tecnologia imobiliária na América Latina é nossa capacidade de inovar. Agora estamos aumentando ainda mais nossos investimentos em tecnologia e design, e estamos entusiasmados em trazer engenheiros de software, cientistas de dados, designers e gerentes de produto para criar novos produtos que vão levar soluções de moradia de uma forma mais fácil e escalável para todos”.

Em maio de 2018, a startup operava aluguéis nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Belo Horizonte, Brasília e Goiânia. Em alguns anos, já houve expansão para os mercados latino-americano e, agora, a projeção é expandir para a Europa.

Os Hubs de inovação consistem em espaços físicos nos quais as famosas startups podem colocar em prática as suas ideias inovadoras. Neles, os empreendedores têm acesso a um espaço para trabalhar, conhecer outros negócios, obter investimentos e fazer parcerias com grandes empresas.

Com informações da Forbes.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado