Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

ABF divulga ranking das franquias que mais abriram e fecharam unidades em 2021

O número de empresas com mais de 1.000 unidades subiu de 17, no ano passado, para 21. Foto de Tima Miroshnichenko no Pexels

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) divulgou ontem, 16, os resultados do setor de franquias em 2021 e o ranking das 50 maiores marcas em operação no Brasil, em número de unidades. A entidade considerou o universo de quase 2 mil empresas associadas, que representam cerca de 80% do faturamento do setor.

Diferentemente do ano passado, foi divulgada apenas uma lista, sem separação por microfranquias. O ranking tem 52 redes, devido a dois empates.

O número de empresas com mais de 1.000 unidades subiu de 17, no ano passado, para 21. Isso também elevou a régua para que as marcas figurem no ranking: agora é necessário ter 406 franquias ativas, no mínimo — 29% acima do necessário no ano passado.

Publicidade

A ABF identificou um aumento de 23% no número total de unidades que compõem o ranking, totalizando 55 mil franquias. Assim, redes como Sodiê Doces, Casa do Construtor e Clube Melissa saíram da listagem.

“Quando fazemos o retrato das 50 maiores, identificamos movimentos importantes. Primeiro, que as redes não apenas mantiveram, como aceleraram seus planos de expansão, resultando no expressivo crescimento do total de unidades do grupo e na elevação do piso de ingresso”, informou André Friedheim, presidente da ABF.

De outro lado, alimentação, um dos segmentos mais tradicionais do setor, abriu espaço para outros ramos, incluindo B2B. “Notamos também que muitas redes alavancaram seu crescimento com modelos alternativos de operação, principalmente home based e virtual”, conclui.

Fonte: Pequenas Empresas e Grandes Negócios

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado