Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Com valores abaixo do previsto, Governo leiloa terminais portuários em Santos, Paranaguá e Suape

Licitação Porto de Santos
(Foto: Wikipedia)

Nesta quarta-feira (30), registrando valores a baixo do esperado, o governo federal leiloou os terminais portuários STS11, no Porto Organizado de Santos (SP), e o SUA07, no Porto de Suape (PE). Nos dois casos, os prazos contratuais previstos são de 25 anos e o critério de leilão foi o de maior outorga ofertada. A operação foi estruturada por meio da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

Por meio da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) foi leiloado também o terminal PAR32 no Porto Organizado de Paranaguá (PR), que terá período contratual de dez anos.

O terminal STS11, em Santos, foi arrematado pela Cofco Internacional Brasil, com lance de R$ 10 milhões. A companhia terá de realizar investimentos de R$ 764,8 milhões para ampliar a capacidade do terminal para 14,3 milhões de toneladas por ano. A licitação do terminal prevê o contrato de arrendamento para movimentação e armazenagem de granéis sólidos vegetais, especialmente açúcar, grãos de soja, milho e farelo de soja.

Publicidade

O terminal deverá chegar, ao final das obras previstas, a 98.159 m², contando com dois berços exclusivos. Segundo a Antaq, estima-se a geração de 1.182 empregos ao longo do contrato de arrendamento, entre diretos, indiretos e efeito-renda, conforme publicado pela Agência Brasil.

O SUA07, em Suape, foi arrendado pelo consócio Sua Granéis, com proposta de R$ 15 mil e deverá ser realizado investimentos de R$ 59,8 milhões. A licitação prevê a operação de um terminal multipropósito, com a movimentação e armazenagem de granéis vegetais, granéis minerais e carga geral.

A capacidade do terminal deverá ser expandida para realizar a movimentação anual de 910 mil toneladas de granéis minerais; 220 mil toneladas de granéis vegetais e 90 mil toneladas de açúcar ensacado.

O terminal PAR32, em Paranaguá, foi arrematado pela FTS Participações, com valor de outorga de R$ 30 milhões e a companhia irá investir R$ 4,17 milhões. O terminal será destinado à movimentação e armazenagem de carga geral, especialmente açúcar ensacado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado