Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Moda & Tendências: como usá-las a seu favor. – Por Mônica Albuquerque

*Coluna por Mônica Albuquerque – 14/05/2022

A quantidade de produtos desenvolvidos e lançados pela indústria da moda é imensa. Muitos deles viram tendências em algumas regiões, começam a serem usados timidamente por alguns grupos na sociedade e depois acabam virando itens de moda, desejados e admirados, caindo no gosto da maioria das pessoas.

Porém, diante de tantos produtos e marcas, lançados a todo momento, é grande a dificuldade para alguns indivíduos escolherem o que comprar. Talvez você faça parte desse grupo, então espero que aproveite essa leitura e coloque em prática algumas dessas dicas.

conteúdo patrocinado

A moda e suas influências

Ao longo da minha carreira como Consultora e Coach de Imagem e Estilo, já atendi vários clientes, dentre eles, homens e mulheres, que tinham dificuldades não só na hora de fazer escolher o que vestir, mas também de usar aquilo que já possuíam no guarda-roupa.

Isso acontece justamente porque a indústria da moda lança uma infinidade de produtos e muitas das vezes, as pessoas compram movidas pela emoção, e não pela razão.

Quando vamos às compras, sejam em lojas de shopping ou de rua, recebemos muitos estímulos visuais, que acabam atraindo a nossa atenção e despertando o desejo de adquirir determinados produtos, que muitas vezes não utilizamos.

Será que que moda é para todos?

Costumo fazer essa pergunta durante os treinamentos que realizo, sobre moda, tendências, imagem e estilo. Muitos concordam que sim, inclusive eu.

Gosto de deixar claro que, moda é para todos, porém, nem tudo o que está na moda ou virou tendência, é para você.

Precisamos entender que, nem tudo o que está na moda pode e deve ser usado. A moda funciona como um coadjuvante na construção da nossa imagem, porém ela não é o mais importante.

O que priorizar na hora de ir às compras

Para comprar de forma assertiva, é necessário refletir sobre quem se é e o que deseja expressar. Levar em conta, quais os seus objetivos de imagem, a sua profissão, considerar ainda seu lifestyle, dentre outros aspectos.

Priorize acima de tudo sua essência e estilos pessoais, porque de nada adianta comprar itens de moda ou que são tendências, se eles não têm relação de uso com a vida que você leva.

Comprar somente porque “a maioria das pessoas estão usando”, só pra ser aceito em determinados grupos da sociedade, ou pra “ficar na moda”, pode gerar uma inconsistência na sua imagem, o que nós consultoras, chamamos de ‘ruídos de imagem ‘.

Para quem deseja construir uma imagem pessoal ou profissional assertiva, respeitando a sua personalidade, pode levar em consideração essa citação da Constanza Pascollato:

“[…] Seja você mesma. É o jeito mais inteligente de construir seu estilo, sua maneira de viver e de se vestir.”

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ENB.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado