Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Tecnologia alagoana leva design para escolas públicas

Foto: Divulgação

A Trakto Design, primeira plataforma de design para negócios da América Latina, comunicou no sábado (20/08) o lançamento do que pretende ser o principal software de educação do Brasil. O anúncio foi feito durante o Trakto Show 2022, realizado pela empresa em Maceió (AL) para 6 mil participantes entre 18 e 20 de agosto, consagrando-se como o maior evento de negócios do Nordeste.

O lançamento ocorreu com a assinatura do primeiro contrato público na história da Trakto, fundada em 2013. O acordo foi firmado com a Prefeitura de Penedo (AL) para ofertar o software de design para todos os 600 professores da rede e a 8,5 mil estudantes que utilizam Chrome Books comprados pela Secretaria Municipal Municipal de Educação. Segundo o prefeito de Penedo, Ronaldo Lopes (MDB), esses computadores já contam com aplicações do Google fo Education. “Agora teremos tecnologia nacional e alagona ao acesso dos nossos docentes e alunos, o que será fundamental para o aprendizado”, avaliou Lopes. “Nosso propósito é transformar a educação por meio do design”, afirma o CEO da Trakto, Paulo Tenório.

Impactar socialmente e contribuir com a educação brasileira tem sido uma das missões da alagoana Trakto ao longo dos anos. Mas foi em parceria com o professor Tiago Silva (mais conhecido como Tiago Mochileiro) que a ideia da plataforma se desenvolveu e passou a ser programada mais concretamente nos últimos quatro anos. Desde 2012, Tiago percorre cidades do Nordeste espalhando conhecimento para escolas através de livros e atividades Ele própria já utilizava as ferramentas de design da Trakto para que os estudantes desenvolvessem suas produções. Mas chamou a atenção para a necessidade de criações mais específicas para o ensino. 

conteúdo patrocinado

A ideia é que com poucos cliques, professores e alunos possam criar e gerenciar conteúdos para a sala de aula, como apresentações, painéis de aula, roteiros de estudo, entre outros materiais. Para isso, serão fornecidos treinamentos presenciais à comunidade escolar. Eles também terão acesso a vídeo tutoriais e manuais de uso. Tiago Mochileiro será responsável por ministrar as capacitações nas escolas. 

“Conseguimos dar um passo para mostrar que a tecnologia alagoana pode ser usada para resolver problemas crônicos da administração pública. A Trakto Educação chega pra solucionar uma dor que antes somente softwares de fora do país conseguiam”, explica Tenório.

A Trakto Educação é a principal ferramenta nesse movimento de dinamização das aulas e criação de conteúdos didáticos em formatos atuais. Para Tiago, a plataforma é indispensável. “Ela vai ajudar milhares de professores no Brasil e eu me sinto feliz em fazer parte desse momento. Nós sabemos como a tecnologia pode ser uma grande aliada na educação e, principalmente, quando falamos de habilidades empreendedoras previstas na Base Nacional Curricular Comum (BNCC)”, completa.

A plataforma está disponível tanto para a rede pública de ensino quanto para a privada e promete revolucionar o ensino do país.

Premiações

Durante o Trakto Show, também são entregues dois prêmios de reconhecimento a professores e estudantes: “Professor de Impacto” e “Boas Ideias Não Têm Idade”. 

O prêmio “Professor de Impacto” também é uma iniciativa da Trakto com o  objetivo de homenagear e reconhecer docentes de escolas públicas de Alagoas pelo impacto positivo no processo de ensino-aprendizagem de seus alunos e comunidades.

Desde 2019, o prêmio levou ao palco principal do Trakto Show professores inspiradores que puderam apresentar seus trabalhos. Na ocasião, o professor João Paulo foi premiado por seu projeto de robótica sucational. Após sua aparição no evento daquele ano, o docente participou de apresentações nacionais e internacionais como Tedx e Latinoware. “Esse prêmio potencializa o valor de ideias e projetos”, descreve Tiago.

Durante o primeiro dia do Trakto Show 2022, mais três professores de Alagoas foram homenageados: a professora indígena Jaracinã Silva, responsável pela disciplina de Sociologia na Escola Estadual Cacique Alfredo Celestino, em Palmeiras dos Índios; o professor Davi Santos, de História, que atua na Escola Estadual Padre Aurélio Gois, em Junqueiro (AL); e o professor Eliandro Souza, de Geografia, da Escola Agnus Dei, no município de Rio Largo.

O palco do Trakto Show também premia as melhores ideias de alunos da rede pública de ensino. Trata-se do “Boas Ideias Não Têm Idade”. Ao todo, já foram distribuídos mais de R$100 mil em recursos aos estudantes.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado