Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

BNDES: Mercadante diz que Brasil não pode ser somente um exportador de commodities agrícolas

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Aloizio Mercadante, defendeu na segunda-feira (6), uma posição “mais atuante” do banco, com atenção especial à indústria, e afirmou que o Brasil não pode ser somente um exportador de commodities agrícolas.

As palavras ocorreram durante a cerimônia de posse de Mercadante no Rio de Janeiro. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acompanhou o evento.

“Uma das dimensões para o projeto estratégico de desenvolvimento são as exportações, não apenas de commodities agrícolas”, disse Mercadante.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Mercadante ainda falou em “ajustar” a taxa de juros do BNDES, a TLP (Taxa de Longo Prazo), mas sem um retorno ao padrão antigo de subsídios em governos petistas.

Atualmente, os contratos de empréstimos do BNDES são atrelados à TLP, que é mais alinhada a taxas de mercado. Essa modalidade substituiu em 2018 a TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo), que era menor por uma decisão de governo e acabava impondo custos não explícitos à política de crédito do banco.

A TLP considera o índice de preços do consumidor (IPCA), mais a taxa de juros real dos títulos do Tesouro (NTN-B). Na semana passada, Mercadante e o diretor financeiro do BNDES, Alexandre Abreu, também defenderam mudanças na TLP, a taxa de juros de longo prazo cobrada pelo banco

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado