Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Febraban alerta para golpe dos empréstimos falsos na internet

Real moeda brasileira
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A cada dia, mais indivíduos mal-intencionados estão desenvolvendo novas formas de aplicar golpes. Um dos golpes que tem causado muita dor de cabeça para a população é a criação de páginas falsas na internet, oferecendo empréstimos inexistentes.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), organizações criminosas se passam por falsas instituições financeiras, prometendo crédito com condições extremamente vantajosas para os consumidores. Na maioria dos casos, os golpistas visam atrair pessoas com restrição de crédito, prometendo uma fácil liberação de dinheiro.

Quando o interessado preenche o cadastro nessas plataformas, os criminosos entram em contato e solicitam que ele assine um suposto contrato. No entanto, sem que o usuário perceba, cláusulas com multas são inseridas no documento, caso haja desistência. Além disso, os golpistas fazem ameaças, afirmando que irão incluir o nome do cliente em órgãos de proteção ao crédito, deixando-o negativado.

Publicidade

Para que o empréstimo falso seja liberado, os golpistas exigem o pagamento de taxas e impostos, alegando que essa prática é comum no mercado. No entanto, a Febraban alerta que não existe nenhuma situação em que o cliente precise realizar pagamentos antecipados, seja de impostos, de cadastro ou de supostas parcelas adiantadas. Essa abordagem é um golpe. Em todas as operações de crédito legítimas, o cliente recebe o dinheiro e não precisa pagar nada antecipadamente.

A Febraban enfatiza que os clientes devem sempre desconfiar de sites na internet que oferecem crédito com condições excessivamente vantajosas.

Além disso, a entidade destaca que não realiza cobranças, não emite comunicados sobre recolhimento de impostos, não fornece informações sobre pagamento de parcelas de empréstimos e tampouco oferece empréstimos. A Federação ressalta ainda que não entra em contato com pessoas físicas ou jurídicas por meio de ligações telefônicas, cartas, e-mails, WhatsApp ou qualquer rede social, para realizar procedimentos de segurança ou efetuar operações financeiras.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado