Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

FGV: Inflação pelo IPC-S sobe 0,45% e acumula alta de 3,39%

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou a alta a 0,45% na terceira quadrissemana de maio, após subir 0,60% na segunda leitura do mês. A informação foi divulgada na terça-feira (23) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em 12 meses, o indicador acumula variação positiva de 3,39%, ante 3,54% na segunda quadrissemana.

Nesta apuração, seis das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para o resultado do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação (-1,90% para -2,57%), puxado por passagem aérea (-13,96% para -10,42%).

Também registraram decréscimo nos grupos: Alimentação (1,02% para 0,79%), Saúde e Cuidados Pessoais (1,41% para 1,20%), Comunicação (1,35% para 0,74%), Transportes (0,63% para 0,50%) e Vestuário (0,73% para 0,61%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: hortaliças e legumes (8,37% para 5,77%), medicamentos em geral (2,54% para 1,66%), tarifa de telefone móvel (3,74% para 2,07%), gasolina (0,32% para -0,26%) e roupas masculinas (1,11% para 0,50%).

Publicidade

No entanto, os grupos Habitação (0,60% para 0,77%) e Despesas Diversas (0,62% para 0,81%) apresentaram avanço em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: tarifa de eletricidade residencial (0,64% para 1,06%) e jogo lotérico (6,63% para 9,46%), aponta a FGV.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado