Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Dívida pública bruta aumenta de março para abril

Imagem: Shutterstock

A dívida bruta dos governos no Brasil variou de R$ 7,352 trilhões em março para R$ 7,457 trilhões em abril, segundo dados do Banco Central (BC). Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a dívida subiu de 73% para 73,2%.

No mês, o setor público consolidado registrou um superávit primário de 20,324 bilhões de reais. Economistas consultados em pesquisa da Reuters esperavam um saldo positivo de 16,55 bilhões de reais.

De acordo com a autoridade monetária, a variação mensal da dívida pode ser explicada principalmente por um impacto altista de 0,6 ponto percentual do PIB referente aos juros nominais incidentes na dívida, um impacto baixista de 0,4 ponto do PIB referente ao crescimento nominal do PIB e um efeito baixista de 0,1 ponto do PIB referente ao efeito da variação cambial.

Publicidade

O BC mostrou ainda que a dívida líquida do setor público não financeiro ficou estável em 57,2% do PIB em abril, somando R$ 5,826 trilhões. A variação mensal pode ser explicada por impactos dos juros nominais apropriados, que contribuiu com aumento de 0,4 ponto percentual, e da valorização cambial de 1,6% no mês, aumento de 0,2 ponto.

Por outro lado, o superávit primário reduziu o nível em 0,2 ponto e o efeito da variação do PIB nominal em 0,3 ponto.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado