Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Programa de descarbonização será lançado pela Eletrobras em julho

A imagem mostra a sede da Eletrobras
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Com objetivo de reduzir as emissões líquidas de carbono, a Eletrobras vai adotar a partir do próximo mês, a política de descarbonização, para entrar de vez no mercado de energia sustentável. O programa de política zero de carbono será lançado no dia 12 de julho na B3, em São Paulo, avisou o presidente da empresa, Wilson Ferreira Júnior.

Para efetivar essa nova política, a companhia vai desativar termelétricas cujas concessões estão próximas do vencimento, o que, segundo Wilson, “está na linha do net zero [zero emissões líquidas]”. “Será um processo de redução das emissões de carbono na Eletrobras”, disse o CEO, em entrevista à imprensa, no Fórum Brasileiro de Líderes em Energia.

“Até o fim do contrato, se houver algum interessado, podemos passar para frente. Mas, não vamos continuar”, complementou.

Publicidade

Os detalhes do projeto, com pontos do programa de política zero de carbono serão apresentados em encontro com investidores, chamado de Eletrobras Day.

Segundo Wilson, projetos muito poluentes são limitadores mundo afora e muitos investidores se veem impedidos de comprar ações e investirem em empresas pela grande emissão de CO2.

“Tem grupos que ficam impedidos de ter uma relação dado o perfil da empresa. O tema ESG nos diferencia para o bem ou para o mal”, pontuou.

A Eletrobras, é considerada a maior empresa de energia elétrica da América Latina e uma das maiores do mundo. No próximo dia 14 de junho, completará um ano que a companhia foi privatizada pelo governo federal, processo esse, iniciado no governo do ex-presidente Temer e concluído na gestão de seu sucessor, Jair Bolsonaro.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado