Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Na Alemanha, SENAI Ceará avança em Hidrogênio Verde com Instituto Fraunhofer ICT

Na Alemanha, o Diretor Regional do SENAI Ceará, Paulo André Holanda, assinou nesta terça-feira (20/06) um memorando de entendimento da instituição com o Instituto Fraunhofer ICT. A parceria tem como foco o desenvolvimento de pesquisas bilaterais em hidrogênio verde e crédito de carbono.

O MoU representa um marco na colaboração científica entre SENAI Ceará e Fraunhofer ICT. Esta iniciativa reflete o compromisso compartilhado em criar e discutir ideias para futuros projetos de pesquisa e o desenvolvimento de uma metodologia de certificação de emissões de carbono no Ceará.

Em um cenário global de transição energética, o HUB de hidrogênio verde do Ceará ganha destaque com mais de US$ 30 bilhões em intenções de investimento. Isso promete transformar a economia do estado, criando empregos e renda. “Para atender esse desenvolvimento e agregar valor à economia local, a qualificação profissional, a pesquisa e a inovação são fundamentais”, afirma Holanda.

conteúdo patrocinado

“Nossas indústrias cearenses estão muito bem representadas pela liderança do Presidente da FIEC, o industrial Ricardo Cavalcante, que não mede esforços para estimular as indústrias cearenses a participarem da cadeia de valor do hidrogênio verde e para atrair grandes investidores nacionais e internacionais. Por meio do SESI, SENAI e IEL, tem buscado sempre as melhores opções de treinamentos e de tecnologias para oferecer”, disse Holanda ao Economic News Brasil.

Paulo André e sua comitiva têm estado na Alemanha há 10 dias, fortalecendo parcerias e prospectando novos parceiros. Ele menciona a parceria consolidada com a Agência de Cooperação Alemã (GIZ) na área de energias renováveis e a recém-formalizada parceria com a Mahle.

O SENAI também está fechando uma parceria significativa com a SIEMENS do Brasil, prevista para setembro de 2023. Essas missões internacionais são fundamentais para compartilhar experiências com entidades especializadas em hidrogênio verde e energias renováveis.

Holanda já visitou o Fraunhofer ICT em 2022, e reconhece a instituição como referência em tecnologia e inovação. “Hoje, neste dia histórico, formalizamos nossa parceria que resultará em grandes resultados”, celebra.

Essa parceria é um passo significativo na contribuição do SESI/SENAI Ceará para a transição energética, oferecendo um futuro mais sustentável e próspero para a região.

Na continuidade do artigo, é válido destacar a importância da cooperação entre o Instituto Fraunhofer ICT, que é um dos líderes mundiais em pesquisa aplicada, e o SENAI Ceará, que possui um histórico notável em educação profissional e serviços tecnológicos.

Carlos Egberto, gerente do Instituto SENAI de Tecnologia, informou que o SENAI possui laboratórios de metrologia que realizam serviços de certificação e calibração de equipamentos para a empresa Sideral Linhas Aéreas, que opera na alemã Fraport. Essa experiência pode ser crucial no desenvolvimento de tecnologias relacionadas ao hidrogênio verde.

O Ceará, como um potencial hub de hidrogênio verde, pode se beneficiar significativamente desta parceria. A capacidade de produzir combustíveis sustentáveis a partir do hidrogênio pode impulsionar a economia local, ajudando não apenas no crescimento econômico, mas também na mitigação das mudanças climáticas através da redução das emissões de carbono.

É essencial que esta parceria seja sustentada por um compromisso firme de ambas as partes e pelo apoio dos governos e indústrias locais. A participação ativa das partes interessadas pode garantir o alinhamento das metas e objetivos desta colaboração com as necessidades e desafios da região.

Além disso, é crucial considerar os impactos sociais dessas iniciativas. A introdução de novas tecnologias e práticas no setor de energia deve ser acompanhada por programas de educação e treinamento para garantir que a força de trabalho esteja equipada com as habilidades necessárias para prosperar em uma economia em transição.

A parceria entre o SENAI Ceará e o Instituto Fraunhofer ICT no desenvolvimento de pesquisas na área de hidrogênio verde representa um marco significativo. Através da colaboração e do compartilhamento de conhecimentos e recursos, há uma grande expectativa de que esta iniciativa possa dar frutos significativos para a economia e o meio ambiente.

Participação

Além de Paulo André Holanda, estiveram presentes na reunião a Assessora do SENAI/SESI para Transição Energética, Isabela Maciel; o Gerente do Instituto SENAI de Tecnologia, Carlos Egberto; Wilhelm Eckl, Vice-Diretor do Instituto Fraunhofer; Ana Claudia Salles, do Departamento de Engenharia Ambiental do Instituto Fraunhofer; e Emília Ionne-Kaufmann, Vice-Diretora do Departamento de Sistemas Energéticos.

Também participaram da reunião por videoconferência: o industrial André Montenegro, representando o Presidente da FIEC; Hugo Figueiredo, Presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP; Expedito Parente Jr., Diretor de Suporte à Infraestrutura e Patrimônio na ADECE; Monica Panik, Consultora Internacional da FIEC; Günther Schmid, Chefe de Divisão de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Trabalho e Turismo do Estado de Baden-Württemberg; e Oliver Magiera, Assessor do Estado do Ministério da Economia, Trabalho e Turismo do Estado de Baden-Württemberg.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado