Aumento de preços do chocolate: impacto do cacau e açúcar

(Foto Pixabay/Pexels)

A alta nos preços do cacau e açúcar desencadeou uma onda de aumento de preços do chocolate nos supermercados. Esta tendência, longe de ser apenas uma consequência da crise inflacionista recente, é impulsionada pelas condições climáticas adversas nos países produtores.

Desde 2021, interrupções nas cadeias de produção causadas pela pandemia de covid-19 e eventos geopolíticos como a invasão da Ucrânia pela Rússia influenciaram os preços de vários bens alimentares. No entanto, fenômenos recentes, como inundações nos principais países produtores de cacau, têm impactado fortemente o mercado de chocolates. A Costa do Marfim, líder global na produção de cacau, viu suas colheitas serem afetadas, levando a um salto nos preços.

Outro fator é o aumento de mais de 20% nos preços do açúcar este ano. As perspectivas pessimistas de produção na Índia, Tailândia, China e União Europeia, juntamente com atrasos na colheita de cana-sacarina no Brasil, têm contribuído para este cenário.

Como resultado, produtos populares como chocolate e bolachas têm enfrentado aumentos expressivos nos preços. Estudos da Nielsen revelam que os preços do chocolate na Europa e EUA cresceram cerca de 20% nos últimos dois anos.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado