Pesquisar
Close this search box.

Qual foi o maior valor transferido por Pix até hoje?

Imagem mostra a utilização do Pix
Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

O Banco Central do Brasil divulgou hoje(04) um marco histórico para o Pix, o sistema de transferências instantâneas do país. Em dezembro de 2022, foi realizada a maior transação já registrada no Brasil através do Pix. O montante foi de R$ 1,2 bilhão transferido em uma única operação.

Os detalhes específicos sobre essa transação, como se partiu de uma pessoa física ou jurídica, não estavam detalhados. No entanto, esse feito demonstra a crescente adoção e confiança no Pix como o método preferencial de transferência no Brasil.

De acordo com o relatório “Relatório de Gestão do Pix”, divulgado pelo Banco Central, o sistema registrou um aumento significativo em sua utilização ao longo dos anos. Até dezembro de 2022, o Pix contava com a participação de 133 milhões de pessoas e 11,9 milhões de empresas ativas, tornando-se uma parte essencial da infraestrutura financeira do país.

No que diz respeito ao número de transações, dezembro de 2022 viu um aumento impressionante de 107% em comparação com o mesmo mês em 2021, totalizando 2,9 bilhões de transações. Comparado a dezembro de 2020, o segundo mês de operação do sistema, esse número representa um crescimento de 1.900%.

Além disso, em termos de volume financeiro, o Pix registrou um aumento de 67% em 2022, totalizando R$ 1,2 trilhão. Quando comparado a dezembro de 2020, esse crescimento é ainda mais notável, com um aumento de 914%.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado