Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Capitalização: faturamento passa de R$ 14 bi

Foto: Marcello Casal JR/Agência Brasil

A Capitalização tem ganhado crescente destaque no cenário financeiro brasileiro ao longo dos anos, com o lançamento de novos produtos, alinhamento com as políticas governamentais e resultados consistentes em todo o país. De acordo com o último relatório da Susep (Superintendência de Seguros Privados), analisado pela FenaCap (Federação Nacional de Capitalização), o montante devolvido à sociedade, por meio de resgates e sorteios, atingiu a impressionante marca de R$ 11,3 bilhões durante o primeiro semestre de 2023, enquanto o faturamento no mesmo período alcançou R$ 14,4 bilhões.

Nesse cenário, a região Sudeste desponta como a líder em receita proveniente de Títulos de Capitalização, representando 56,5% do mercado nacional e totalizando mais de R$ 8 bilhões.

Em seguida, encontram-se as regiões Sul e Nordeste, com 19% e 11,6% de participação, respectivamente. A modalidade Tradicional se destacou entre as seis existentes, abocanhando 74% do mercado e gerando um faturamento de R$ 10,7 bilhões. Já as categorias Filantropia Premiável e Instrumento de Garantia ocupam a mesma fatia de mercado, com 11% cada.

Publicidade

Denis Morais, presidente da FenaCap, atribui o desempenho ao aumento da informação disponível sobre os diversos produtos de Capitalização, permitindo que os consumidores façam escolhas mais alinhadas com seu perfil.

Morais destaca a história sólida de 94 anos da Capitalização no mercado brasileiro, ressaltando sua continuidade e confiabilidade. Ele enfatiza a importância da clareza e transparência nas relações com os consumidores e como o empoderamento dos clientes impulsiona as empresas a oferecer soluções modernas que se adaptam a diversas realidades e negócios.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado