Prejuízo de R$ 836 milhões do grupo Casas Bahia

Grupo Casas Bahia relata prejuízo de R$ 836 milhões no 3T23, devido à reestruturação e queda na receita, impactando os resultados financeiros.
Foto: Divulgação

No terceiro trimestre de 2023, o Grupo Casas Bahia (BHIA3) anunciou um prejuízo líquido de R$ 836 milhões. Ou seja, um aumento de 311% em relação ao mesmo período de 2022. Porém, ao desconsiderar os efeitos da reestruturação em andamento, incluindo a redução de estoques, e uma provisão relacionada ao cartão co-branded, o prejuízo foi de R$ 376 milhões. O Ebitda ajustado ficou negativo em R$ 66 milhões, revertendo o resultado positivo de R$ 390 milhões do ano anterior, com a margem Ebitda caindo para -1%. Além disso, a receita líquida teve uma queda de 6%, totalizando R$ 6,6 bilhões.

No mesmo período, o lucro bruto atingiu R$ 1,513 bilhão, em comparação a R$ 2,149 bilhões no ano anterior, resultando em uma margem bruta de 23%, uma queda de 7,7 pontos percentuais em relação ao 3º trimestre de 2022. As despesas com vendas, gerais e administrativas diminuíram 10,4% ano a ano, totalizando R$ 1,6 bilhão. O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 679 milhões, um aumento de 13% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Mais Lidas

Últimas Notícias

LEIA MAIS