DeepMind lança IA para músicas no YouTube

(Foto: Divulgação)

No último dia 16/11, a DeepMind, vinculada à Alphabet, introduziu no YouTube uma ferramenta de IA capaz de criar músicas. Lyria, a IA generativa do Google, agora é responsável por produzir faixas musicais a partir de instruções verbais ou de voz. A novidade veio acompanhada do Dream Track, um recurso destinado a sonorizar vídeos curtos no YouTube Shorts.

A proposta da empresa é recriar toda uma composição musical, desde instrumentos até vozes, utilizando exclusivamente a tecnologia, resultando em músicas completas. Além disso, foi anunciado que as faixas geradas por essa tecnologia receberão uma marca d’água do SynthID, uma empresa especializada em marcações, permitindo que as pessoas identifiquem sua origem.

Segundo comunicado da empresa em seu blog, essa marca d’água não será perceptível ao ouvido humano e não comprometerá a experiência auditiva. Mesmo quando a música for comprimida, acelerada ou editada, a marcação permanecerá intacta. No entanto, apesar de ser uma forma de identificar a procedência do conteúdo, essa estratégia ainda não é infalível, podendo sofrer “manipulações extremas de imagem”.

A implementação de marcações para identificar a origem de conteúdos gerados por IA está se tornando comum no setor, mas ainda não é considerada uma solução completa para esse tipo de desafio. A marca d’água anunciada pelo Google DeepMind, por exemplo, não é imune a potenciais manipulações.

Mais Lidas

Últimas Notícias

LEIA MAIS

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?